Notícias Política e Eleição

05/04/16 - 19h03 - atualizada em 07/04/16 às 01h48

Vilson Menon desiste de candidatura nas eleições 2016

Presidente da Câmara de Irati anunciou que encerra sua vida política ao final do atual mandato, em dezembro

Da Redação, com reportagem de Paulo Sava

Vilson Menon concedeu entrevista recentemente na Rádio Najuá falando como pré-candidato a prefeito pelo PSD
O presidente da Câmara de Irati, Vilson Menon, surpreendeu ao anunciar nas redes sociais, na semana passada, que pretende se afastar da carreira política ao final do mandato, que se encerra em dezembro. O vereador migrou do PMDB para o PSD na primeira quinzena de março e era listado entre os pré-candidatos ao cargo de prefeito, nas eleições de outubro.

“Não disputarei mais nenhum mandato eletivo e vou me dedicar, exclusivamente, à minha vida pessoal, profissional e à minha família, a qual devo agradecer, pois sempre estiveram ao meu lado, solidários. Agradecimento especial também aos meus verdadeiros amigos pelo apoio incondicional, e, finalmente, a todos os iratienses que confiaram e reconhecem a minha postura nesta trajetória. Acredito que há muitas maneiras de servir ao nosso Município, não somente por meio da política e, como cidadão, continuarei contribuindo, trabalhando e torcendo por Irati, minha terra natal!”, publicou o vereador em sua conta no Facebook.

À reportagem da Najuá, Menon contou, logo após a sessão ordinária da Câmara na segunda-feira (4), que esta decisão foi muito bem pensada e tomada depois de conversar com amigos e com a família. “O motivo é um descontentamento com a política em nível nacional. Num contexto geral, nos jornais hoje você vê que a política não está agradando mais. Mas eu devo muito à política, durante sete anos e três meses, estive exercendo um cargo, vou terminar o meu cargo, como vereador e como presidente desta Casa, à qual fui eleito. Pessoalmente, perdi todo o encanto de disputar o processo”, justificou.

PUBLICIDADE
Menon assegurou ainda que a saída da vida pública não se fundamentaria em mágoas ou ressentimentos. “Foi um ato pessoal e particular e vou manter minha posição de estar fora do próximo pleito eleitoral”, ressaltou.

Vilson Menon é dentista, natural de Irati, tem 47 anos e é casado. Disputou três eleições como candidato a vereador: em 2004, pelo antigo PFL (hoje DEM); em 2008, pelo PMDB, quando foi eleito pela primeira vez e em 2012, quando foi reeleito, ainda pelo PMDB. Em março, o atual presidente da Câmara deixou o PMDB dizendo que o que ele planejava para seu futuro político – disputar o cargo de prefeito – não comungava com o propósito da sigla. Ele também disse que não compactuava mais com a ideologia do partido, que na semana passada rompeu com o governo federal.

Na mesma entrevista, concedida no programa Meio Dia em Notícias, quando se apresentou como pré-candidato pelo PSD, Menon disse que só a candidatura a prefeito ou vice o interessava neste ano e que não pretendia disputar um cargo no Legislativo. O PSD ainda tem como pré-candidatos o ex-vereador, radialista e chefe do escritório regional da Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social (SEDS), Sidnei Jonaldo Jorge (Sidão), e o ex-presidente da Câmara, o vereador Amilton Komnitski.

Em publicação em sua conta no Facebook, Menon confirmou intenção de encerrar carreira política a partir de 2017

Comentários

AO VIVO
AM
00:00 às 05:00 Rede Milícia da Imaculada Rede Milícia Sat
FM
00:00 às 04:00 Najuá Night Club Programação Najuá