Notícias Política e Eleição

27/05/19 - 19h03 - atualizada em 31/05/19 às 00h08

Secretário explana andamento de obras municipais de Irati

Adriano Batista apresentou cronograma das obras, em atendimento a convocação do vereador Roni Surek (PROS), para que falasse no Plenário da Câmara

Edilson Kernicki, com reportagem de Paulo Henrique Sava

Secretário Municipal de Arquitetura, Engenharia e Urbanismo, Adriano Batista

O secretário de Arquitetura, Engenharia e Urbanismo, Adriano Batista, subiu à Tribuna Popular, no Plenário da Câmara, na última quarta-feira (22), em atendimento à indicação 029/2019, do vereador Roni Surek (PROS), que o convocou a explanar a respeito do andamento das obras municipais. Adriano apresentou um cronograma e apontou em qual etapa está cada uma delas, ao demonstrar o Relatório de Gestão de Obras Públicas 2019.

Inicialmente, Adriano citou obras já concluídas e entregues, a exemplo do canal hídrico do Arroio dos Pereiras; da drenagem da Rua Miguel Bay, na Vila Nova; do muro de gabião e recape na Rua Jornalista José da Silva, no bairro São Francisco, além de uma série de pavimentações na cidade e no interior. Foram entregues também a Praça do PEC e o Posto de Saúde do Conjunto Joaquim Zarpellon.  

Ginásio de Esportes

O secretário mencionou a retomada das obras do novo Ginásio de Esportes José Richa, que estava judicializada. “Ela foi desjudicializada em maio e a tutela da obra voltou para o município”, salientou. A volta da tutela para o município destrava o bloqueio para a obtenção de financiamentos junto à Fomento Paraná, o que vai permitir sua continuidade. “Uma vez que conseguimos destravar isso junto ao Governo do Estado, abriu-se crédito para o município fazer nova capacidade de endividamento”, disse. 

Texto continua após a publicidade

PUBLICIDADE

Quer receber notícias pelo WhatsApp? Envie SIM notícias http://bit.ly/CliqueAquiWhatsSuperNajua  

Por e-mail: http://bit.ly/2BiE4tC

Foi concluída a perícia técnica da obra, contratada pelo município, para fazer as medições. “Essa perícia técnica apontou riscos iminentes perante a estrutura da cobertura. Porém, ela não apontou valores que o município deve ao empreiteiro”, explicou. A Secretaria está revisando o projeto, a fim de atualizar o orçamento, que já levava em conta a necessidade de readequar a estrutura já existente. “Devido a essa perícia técnica ser conclusiva de que há riscos – e essa mesma estrutura metálica não foi paga ao empreiteiro, tomou-se a decisão conjunta da nossa Secretaria com o prefeito de que essa estrutura vai ser colocada abaixo e vamos fazer uma nova estrutura metálica para acomodar o mesmo projeto arquitetônico. O empreiteiro, se quiser, aproveita essa estrutura, mas para o município, não tem mais serventia. Por isso, vamos começar uma nova estrutura do zero, com o mesmo projeto arquitetônico”, salientou.

De acordo com Adriano, a licitação poderá ser realizada após uma revisão na obra, que deve ser realizada nas próximas semanas. Toda a tramitação, entre a obtenção de um novo empréstimo e a homologação da nova ordem de serviço, pode levar até o final do ano para ser concluída.  

Centro Cultural

Sobre as obras em execução, o secretário comentou que existem dois contratos de rotina dentro da prefeitura para a execução de pequenas melhorias em prédios e locais públicos. Ele falou sobre a obra do Centro Cultural Denise Stoklos, que atualmente vem sendo ocupado por indígenas. A Secretaria de Assistência Social está providenciando uma casa de passagem para acolher essas pessoas. Cumpre observar que o Centro Cultural é uma obra do Estado. A administração tem buscado parcerias com o governo estadual, ou mesmo privadas, a fim de retomar a obra, paralisada desde 2010, ou dar a ela uma nova finalidade. 

PUBLICIDADE

Devido à ocupação, nem mesmo os agentes de endemias tiveram acesso ao local para fazer verificações relativas à dengue. “Sofremos bastante, com relação à dengue. Não pudemos entrar lá, pois o cacique não deixava. Só podemos fazer qualquer melhoria, quer seja o fechamento da obra, depois de finalizada essa questão da casa de passagem indígena, que é ali na Perimetral”, afirmou.

Outras obras de manutenção também foram citadas por Adriano. Entre elas, estão as adaptações no CT Willy Laars e as obras na Feira do Produtor Iratiense, além das construções de faixas elevadas e rotatórias nas ruas da cidade.  

Nova prefeitura

Sobre o prédio da nova prefeitura, que deve abrigar a estrutura da Secretaria de Segurança Pública, o secretário confirmou que deve ser realizada uma nova licitação para a retomada da obra. O prédio, que já estava 95% concluído, teve que ser relicitado por conta de atos de vandalismo que danificaram a estrutura. No entanto, as manutenções a serem feitas devem ser superficiais. 

PUBLICIDADE

“Pretendemos, nessas próximas semanas, nesses próximos meses, realizar uma nova licitação para fazer a conclusão. Por ser antiga essa obra, que acabou não sendo concluída, houve vandalismo. Sofremos com o vandalismo em todas as obras municipais e, para esse bloco da Prefeitura, infelizmente, teremos que fazer uma nova licitação para arrumar uma obra que estava aproximadamente 95% concluída. É complicado, mas precisamos ocupar essas edificações públicas”, disse.

A obra da Prefeitura terá que passar por nova licitação, pois também estava judicializada. Um acordo entre a Prefeitura e a antiga empreiteira, em janeiro deste ano, permitiu a desjudicialização. O município está em busca de recursos estaduais ou federais para essa conclusão. 

Escola da Vila Nova

Já em relação à nova obra da Escola Municipal Antonina Fillus Panka, na Vila Nova, Adriano relatou que cerca de 20% já foi executado, havendo a necessidade de um aditivo no valor do contrato para colocação de tapumes para uma maior segurança.  

PUBLICIDADE

UPA

Outra obra com previsão de entrega em agosto é a nova Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Vila São João, que deve abrigar o Pronto Atendimento Municipal. “Estamos fazendo a solicitação do aditivo de um gerador, porque ela vai trabalhar em regime de 24 horas. E um hospital, ou mesmo um ambiente de saúde desse porte não pode parar certos equipamentos por falta de energia”, justificou.

“Esse empreendimento vem de um contrato de 2014. O município acabou adquirindo essa obra, de certa forma, parada, e voltamos às atividades junto ao empreiteiro”, disse. A Prefeitura planejava entregar a UPA no aniversário do município, em julho, porém julgou mais prudente adiar a inauguração para agosto. 

Reprogramação 

Conforme Adriano, estão em reprogramação a reforma da Casa da Cultura; do Centro Cultural do Guamirim; continuidade da pavimentação dos bairros Marcelo, Santos Dumont e Jardim Planalto e os CMEI dos bairros Dallegrave e Rio Bonito.  

A empreiteira que assumiu a restauração da Casa da Cultura abandonou a obra, o que gerou dano ao erário. “Infelizmente, houve empreiteiros que lesaram o erário, que não completaram o que foi solicitado em contrato e hoje precisamos fazer a reprogramação de obras justamente porque essas empresas acabaram ou rescindindo o contrato, porque não satisfez tecnicamente o que estava em contrato. A Casa da Cultura está em reprogramação junto à Caixa Econômica. Essa rescisão contratual acabou acontecendo após a abertura de um processo administrativo, junto ao nosso Departamento Jurídico”, disse. 

PUBLICIDADE

Obras concluídas

Drenagem Central do Arroio dos Pereiras (Canal Hídrico 1ª fase); Rua Miguel Bay / Muro de Gabião na Rua Jornalista José da Silva e o muro de arrimo no Rio das Antas; recape da Rua Jornalista José da Silva; pavimentação com pedras irregulares na comunidade de Governador Ribas; pavimentação na Rua das Acácias, Rua Daniel Moreira e Rua Caetano Zarpellon; readequação da estrada de Faxinal dos Melos; duas salas de aula na Escola São Miguel do Itapará; quadras poliesportivas na Vila Nova, Santo Antônio e na Praça Edgard Andrade Gomes ; UBS Joaquim Zarpellon; Praça da PEC (CEU); barracão de pré-moldados para reciclagem no Jardim Aeroporto; mini arena no Parque da Vila São João; academias ao ar livre e barracões de pré-moldado no CT Willy Laars. 

Obras em execução 

1º Bloco da Nova Prefeitura de Irati; Escola do bairro Vila Nova; UPA 24 horas Jardim Aeroporto; reforma do Pronto Atendimento Ildefonso Zanetti; CMEI da Vila São João; reforma da Escola Municipal Olavo A. Santini – Rio do Couro; chafariz da Praça Etelvina Andrade Gomes; pavimentação da Rua José Fillus e parcial da Rua Luiza S. Stroparo; Centro da Juventude; pavimentação ASF do bairro Camacuã; extensão de rede de esgoto; manutenção de estradas rurais das comunidades de Gonçalves Júnior, Itapará e Água Clara; parque da Vila São João; entre outras. 

PUBLICIDADE

Comentários

AO VIVO
AM
00:00 às 05:00 Rede Milícia da Imaculada Rede Milícia Sat
FM
00:00 às 04:00 Najuá Night Club Programação Najuá