Notícias Política e Eleição

17/05/17 - 16h40 - atualizada em 17/05/17 às 16h42

Executivo iratiense pede recursos para compra de maquinário

Empréstimo será feito junto à Fomento Paraná, que deverá liberar recursos na ordem de R$ 3 milhões

Paulo Henrique Sava

PUBLICIDADE
A Câmara de Vereadores de Irati aprovou, em 1ª votação, o Projeto de Lei nº 059/2017, que autoriza o Executivo municipal a realizar uma operação de crédito junto à Fomento Paraná, para obtenção de recursos, que serão utilizados para aquisição de maquinário.

De acordo com o Projeto, o empréstimo será de até R$ 3 milhões. Para isto, a Prefeitura já efetuou cadastramento, enviou um projeto técnico e a comprovação da conformidade da demanda com o Plano de Investimentos do Plano Diretor. Esta documentação permitiu ao município a habilitação para o financiamento.  

Para que o financiamento seja aprovado, a Fomento Paraná solicitou que fosse elaborada uma lei autorizando o município a contrair o financiamento. Por este motivo, foi elaborado o Projeto de Lei, que está em tramitação na Câmara. 

Com os recursos deste crédito, o município pretende adquirir duas motoniveladoras, no valor de até R$960 mil; duas escavadeiras hidráulicas, no valor de até R$ 850 mil; duas retroescavadeiras de pneus, no valor de até R$ 450 mil; dois rolos compactadores, no valor de R$ 660 mil; e uma minicarregadeira, no valor de até R$ 150 mil. O total de recursos utilizados será de R$ 3 milhões e 70 mil.  

Segundo o Executivo, os equipamentos citados serão utilizados para realização de melhorias em estradas rurais, ruas e dragagem dos rios que passam por Irati. 

O vereador José Bodnar, o Zequinha (PV) destaca que a quantidade de máquina para atender as comunidades iratienses com cascalhamento e patrolamento, principalmente de estradas rurais, é muito pequena. “Eu acho que este projeto desta autorização para crédito é muito bem-vindo, e depois um outro projeto autoriza o município a contratar operação de crédito. Eu acho que isto é muito importante para toda a nossa comunidade”, frisou. 

Na opinião do vereador Valdenei Cabral da Silva (PDT), o município necessita de mais equipamentos devido à grande quantidade de pedidos de melhoria nas comunidades iratienses. “Infelizmente, com pouco maquinário, fica difícil. Já veio, no mandato passado, um empréstimo que não seria para equipamentos, mas sim para a pavimentação de algumas ruas, e eu, naquele momento, fui um dos três vereadores que votou a favor. Sei que hoje, para a gente adquirir qualquer maquinário, tem que ser através de empréstimo. Estou feliz com a chegada deste projeto nesta casa porque o Executivo municipal está tendo coragem, e claro que nós temos que aprovar sim”, frisou. 

Vereadores aprovaram, em 1ª votação, contratação de empréstimo no valor de até R$ 3 milhões para compra de maquinário para Irati

O vereador Marcelo Rodrigues (PP) ressalta que esta é a terceira vez que o município necessita votar empréstimo para compra de maquinário. Os outros dois empréstimos foram aprovados, respectivamente, nas gestões dos prefeitos Antônio Toti Colaço Vaz (2001-2004) e Sérgio Stoklos (2005-2012). “Nós tivemos aqui, em Irati, em gestões passadas, alguns maquinários que perderam a garantia por não ter sido feita a revisão em tempo legal. Não adianta somente aprovarmos mais maquinários, a gente sabe que o objetivo é atender as comunidades do interior e da cidade, mas precisamos, Câmara, Observatório Social e comunidade, verificar se aquela revisão dos maquinários pesados vai ser feita efetivamente no período que a concessionária exige, porque muitas vezes. perde-se, como já foi perdido. Existem até algumas motoniveladoras com lâminas que foram sendo utilizadas, até utilizar o suporte, por mandarem fazer serviços, querer atender e não dar prioridade ao maquinário”, comentou. 

Para o vereador Nivaldo Bartoski (PSDB), nos últimos tempos, a situação das estradas rurais se deteriorou muito. Ele comentou que, a partir do momento em que as máquinas forem adquiridas, receberão os devidos cuidados. “Podem ter certeza que o maquinário vai ser muito bem cuidado, a nossa sociedade vai ganhar com isto. Em breve, o nosso município de Irati vai se recuperar. O nosso agricultor merece porque o município é extremamente agrícola, e precisamos que Irati se desenvolva”, comentou.

Na sequência, os vereadores aprovaram os Projetos de Lei nº060 e 061/2017, que autorizam a abertura de crédito e autorizam o Executivo a conceder uma contrapartida de até R$ 70 mil. Segundo o presidente da Câmara, Hélio de Mello (PMDB), houve a necessidade da elaboração de mais um Projeto de Lei porque o referido crédito de R$ 3milhões não estava previsto no orçamento municipal.  

“Então, é necessária esta abertura, que é o dinheiro do empréstimo que vai dar entrada. Como há necessidade de uma contrapartida de R$ 70mil, tratando do mesmo tema, foi votado este projeto”, frisou.  

Os projetos devem ser votados novamente na próxima sessão do Legislativo, marcada para a próxima segunda-feira, dia 22. 

PUBLICIDADE


Comentários

AO VIVO
AM
08:00 às 09:00 Rádio Negócios Amilton Ferreira
FM
08:00 às 08:40 Café com Notícias Paulo Sava e Rodrigo Zub