Notícias Policial

10/02/18 - 12h30 - atualizada em 10/02/18 às 12h54

PRF realiza Operação Carnaval durante o feriado

Objetivo da operação é de reduzir o número de acidentes e mortes nas rodovias da região durante o feriado prolongado, que termina na próxima terça-feira

Paulo Henrique Sava

A Polícia Rodoviária Federal deu início na última quinta-feira, 08, à Operação Carnaval nas rodovias de todo o Brasil. O objetivo da operação é de reduzir o número de acidentes e mortes nas estradas federais durante o feriado prolongado de Carnaval, que termina na próxima terça-feira, 13.

A expectativa da concessionária Caminhos do Paraná é de que mais de 270 mil veículos trafeguem pelas rodovias da nossa região durante o feriadão. O inspetor do posto da PRF de Irati, Cláudio Adão, participou do programa Espaço Cidadão, da Super Najuá, na última sexta-feira, 09. Ele comenta que durante o fim de semana, houve um aumento no fluxo de veículos tanto no sentido interior quanto em direção ao litoral do estado. “A PRF tem que estar ligada para que possa coibir os excessos e, com isso, reduzir o número de acidentes”, frisou. 

Confira a entrevista completa em vídeo no fim desta matéria

De acordo com o inspetor, a PRF espera um grande número de veículos trafegando durante o feriado. Os parâmetros para elaboração do planejamento da operação estão baseados na estimativa de fluxo de veículos apresentada pela concessionária Caminhos do Paraná e também em dados do carnaval do ano anterior. “Por ser o Carnaval uma festa popular, sabemos que o fluxo vai aumentar muito, mas estaremos trabalhando. A PRF está preparada para atuar ao longo de todo o trecho, para que possamos dar segurança aos usuários da rodovia”, comentou. 

Conforme Cláudio Adão, nos últimos feriados prolongados, muitos motoristas abusaram do excesso de velocidade, o que acabou causando mortes nas rodovias. “A nossa preocupação maior é de preservar vidas. Esperamos que neste ano tenhamos uma redução drástica dos acidentes. Sabemos que esta é a vontade da PRF, assim como das pessoas de bem que trafegam pelas rodovias, mas infelizmente tem aqueles motoristas de fim de semana que não pensam assim”, pontuou. 

O inspetor destacou ainda que as mortes recentes registradas nas estradas da região foram causadas, em sua maioria, por excesso de velocidade e ultrapassagens indevidas. Ainda existem aqueles motoristas que acabam ingerindo bebida alcoólica, o que agrava ainda mais a situação. “Nós temos atendido acidentes em que, infelizmente, a pessoa vai a óbito e nós encontramos dentro dos veículos latas de cerveja, litros de whisky, quer dizer, aí não tem santo que faça milagre. Infelizmente, esta é a realidade: nós trabalhamos 24 horas por dia, e estamos aí de segunda a segunda, mas enquanto a nossa população não tomar consciência, estaremos vendo tragédias ao longo das rodovias. Esta é a realidade”, comentou. 

Concessionária Caminhos do Paraná e PRF esperam um fluxo de 270 mil veículos durante o feriado de Carnaval

Motorista deve evitar horários de pico

Cláudio Adão destaca ainda que o motorista deve evitar os horários de pico de trânsito nas rodovias, especialmente no retorno. Espera-se um fluxo maior de veículos no horário compreendido entre as 16 e as 20 horas de terça-feira, 13, e as 08 e as 11 horas de quarta-feira de cinzas.

“Aproveitamos para pedir aos usuários das rodovias que redobrem a atenção, porque, nos últimos feriados, o que temos visto é que o excesso de velocidade, o cansaço e a bebida alcoólica são fatores que colaboram muito para o aumento do número de óbitos. Nós orientamos que não seja feita esta combinação porque ela é muito perigosa. A PRF estará trabalhando diuturnamente com etilômetro, radares móveis e viaturas dispostas ao longo do trecho, e de repente, numa abordagem, você pode ter um dissabor de não curtir o Carnaval. É melhor você ter este cuidado para curtir o Carnaval, porque, se for flagrado em qualquer uma destas infrações, sabe que o valor (da multa) é grande. Se você vai viajar agora, não está indo a trabalho, então não precisa ter pressa”, comentou. 

Serviço

Qualquer situação de acidente, emergência ou falha mecânica em automóveis, caminhões, motos e ônibus nas rodovias podem ser repassadas para a PRF pelo telefone 191. A ligação pode ser feita até mesmo de celulares sem crédito.


PUBLICIDADE



Comentários

AO VIVO
AM
05:00 às 07:30 Canta Viola Sidnei Jorge
FM
05:00 às 08:00 Desperta Irati Amilton Ferreira