Notícias Policial

05/02/19 - 11h04 - atualizada em 05/02/19 às 15h32

Morador pede segurança para bairros Alto da Lagoa e Jardim das Américas

Polícia Militar e Guarda Municipal dizem que darão segurança para leituristas da Copel, que foram assaltados nos últimos dias. Empresa ainda não foi informada oficialmente

Paulo Henrique Sava

Comerciante Antônio Laércio Rodrigues pede mais segurança para os moradores do Alto da Lagoa e do Jardim das Américas

A região dos bairros Alto da Lagoa e Jardim das Américas, em Irati, passa por um clima de insegurança que vem causando preocupação nos moradores. Somente no mês de janeiro, foram registradas 14 ocorrências no bairro, sendo que a maior parte dos casos foram de furtos e roubos.

Em uma situação, dois leituristas da Copel foram ameaçados por homens armados com facões. Eles tentaram levar os celulares das vítimas, mas não conseguiram. Um dos trabalhadores se escondeu em uma casa. A outra funcionária, que estava no veículo, também foi ameaçada. Os suspeitos foram abordados pela Polícia Militar na Rua das Araras e levados para a Delegacia de Polícia Civil de Irati.

PUBLICIDADE

Diante da situação, a gerência de leitura e faturamento da Região Centro Sul decidiu suspender as leituras dos medidores no bairro. A decisão foi tomada até que os trabalhadores tenham segurança para voltar a fazer o trabalho no local. A informação foi confirmada pelo gerente de leitura e faturamento da Copel, Smeici Ouriques. Enquanto isto, os moradores podem fazer a leitura do medidor e enviar os dados através do site da Copel, do aplicativo Copel Mobile ou ainda informar pelo telefone 0800-51 00 116. A segunda via da conta pode ser gerada e impressa através do site da Copel.

O comerciante Antônio Laércio Rodrigues, morador do bairro, concedeu entrevista à nossa reportagem. Ele diz ter conversado com o chefe da Guarda Municipal de Irati (GM), Paulo Sabatowski, que teria prometido entrar em contato com a Polícia Militar para prestar escolta aos funcionários da Copel. O comerciante reclama que muitas pessoas não têm condições de fazer a leitura e encaminhar as informações para a empresa. “Tem gente doente, tem pessoas idosas, que não têm carro para vir, então é complicado”, comentou. O morador pede que a estatal retome o atendimento por conta destas dificuldades.

PUBLICIDADE

A Copel afirma que ainda não foi informada oficialmente sobre o pedido. Por isso, o gerente Smeici preferiu não gravar entrevista.

Rodrigues comenta que, em breve, será criada uma associação de moradores dos bairros Alto da Lagoa e Jardim das Américas. O comerciante acredita que, desta forma, a criminalidade será reduzida e outras melhorias poderão ser levadas para o bairro.

“Eu espero que melhore, pois eu tenho comércio lá, o pessoal trabalha e deixa as casas sozinhas, mas vai começar a melhorar”, diz Rodrigues, esperançoso. 

Quer receber notícias locais? Envie whats para 42 991135618 SIM NOTICIAS ou cadastre seu e-mail na newsletter pelo site da Najuá 


Comentários

AO VIVO
AM
05:00 às 07:30 Canta Viola Sidnei Jorge
FM
05:00 às 08:00 Desperta Irati Amilton Ferreira