Notícias Ouvinte Repórter

13/03/19 - 11h09 - atualizada em 13/03/19 às 18h38

Secretaria de Educação de Irati soluciona falta de professora em escola

Atitude foi tomada depois que o presidente da APMF da Escola Francisco Vieira de Araújo procurou à Najuá para solicitar a nomeação de uma nova professora para atuar na instituição

Paulo Henrique Sava

Escola Municipal Francisco Vieira de Araújo

A Secretaria Municipal de Educação de Irati solucionou o problema da falta de uma professora na Escola Municipal Francisco Vieira de Araújo. A atitude foi tomada depois que o presidente da Associação de Pais, Mestres e Funcionários (APMF), William Borges, que também é pai de aluno, procurou à Najuá para solicitar a nomeação de uma nova profissional para atuar na instituição.

William relatou que a professora que trabalhava nos períodos da manhã e da tarde pediu exoneração do cargo para trabalhar em Rebouças, onde foi aprovada em concurso público. A informação foi confirmada à nossa reportagem pela secretária Rita de Cássia Penteado de Almeida.

Em um primeiro momento, Borges relatou que foi até a Secretaria de Educação, onde foi orientado por uma funcionária a pedir que profissionais da área de pedagogia deixassem curriculum na sede da pasta. Ele diz que os alunos tiveram um prejuízo grande de conteúdo com a falta destas aulas. “Tem alunos que estão sem as matérias por causa disto”, frisou.

PUBLICIDADE

Ouça a matéria completa com o posicionamento do presidente da APMF e da secretária Rita no fim do texto

Segundo Borges, o fato ocorreu há cerca de duas semanas. “[A professora] faz muita falta porque ela trabalhava tanto à tarde quanto pela manhã. Nós precisamos que a Secretaria de Educação reponha esta professora lá”, comentou.

Outro lado

A secretária de Educação contestou a informação do presidente da APMF e afirmou que uma pedagoga substituiu a professora até a contratação de outra profissional, que começou seus trabalhos na manhã de hoje, 13. Rita ressaltou que as alunas dos cursos de Formação de Docentes e de Pedagogia contratadas como estagiárias são consideradas “professoras”. “São professoras, e a [Escola Municipal Francisco Vieira de Araújo] é uma das escolas que está mais completa”, pontuou.

PUBLICIDADE

Em entrevista durante o programa "Meio Dia em Notícias" desta quarta-feira, 13, a secretária disse que as denúncias sobre falta de professores são corriqueiras. “Você acha que uma escola deixaria os alunos sem professor? Eu jamais iria dispensar uma turma por falta de professor. Para isto, tem as coordenadoras das escolas na Secretaria de Educação, que fazem o trabalho de reposição".

Conforme Rita, recentemente uma secretária da mesma escola pediu afastamento por conta de um problema na coluna. “Eu vou deixar a escola sem secretária? Ele [William] vai para a rádio denunciar que está sem secretária? Que este pai venha para a Secretaria e converse, pois eu sou uma pessoa muito aberta ao público, pode conversar comigo”, frisou.

Quer receber notícias de Irati e região? Envie SIM NOTICIAS para o WhatsApp 42991135618 ou simplesmente clique no link a seguir http://bit.ly/CliqueAquiWhatsSuperNajua

Por e-mail: http://bit.ly/2BiE4tC 

Confira o áudio com os posicionamentos da secretária e do presidente da APMF



Comentários

AO VIVO
FM
23:00 às 23:59 Najuá Night Club Programação Najuá