Notícias Irati e Região

05/10/19 - 13h11 - atualizada em 06/10/19 às 10h03

Treze postulantes concorrem ao cargo de conselheiro tutelar

Haverá quatro locais de votação em Irati: um na cidade e três no interior, neste domingo (6), das 8 às 17h

Edilson Kernicki, com reportagem de Paulo Henrique Sava 

Depois da desistência de Néli Krepki, são 13 candidatos que concorrem as cinco vagas no Conselho Tutelar de Irati

A escolha dos Conselheiros Tutelares para o quadriênio 2020-2023 ocorre no domingo (6), das 8 às 17h, em quatro locais de votação em Irati. São 13 candidatos e serão eleitos cinco titulares e cinco suplentes. 

As urnas estarão disponíveis no Colégio Estadual Antônio Xavier da Silva, para eleitores da área urbana, e em três escolas do interior do município: Escola Municipal Olavo Anselmo Santini (Rio do Couro); Escola Rural Municipal Rosa Zarpelon (Pinho de Baixo) e Escola Municipal do Guamirim. A localização das seções de votação podem ser conferidas no site da Prefeitura de Irati

A votação não é obrigatória, mas a participação popular na escolha dos conselheiros tutelares é muito importante, pois são eles quem atuam diretamente na preservação dos direitos de crianças e adolescentes. Por isso, nossa reportagem foi até as ruas para ouvir se a população está sabendo da votação e se pretende participar dela. 

Allan Dalagnol comentou que não conhece a maior parte dos atuais conselheiros. “Apenas dois e só de vista”, disse. Dos candidatos, disse que também conhece apenas dois de vista. “Nenhum deles se apresentou, nem procuraram minha casa [em campanha]”, acrescentou. “Nenhum se apresentou, nenhum deu a ideia que tem. Acho que a maioria da população não conhece o desafio deles. Não pretendo votar”, conclui. 

PUBLICIDADE

O taxista Antônio afirmou que conhece a maioria dos candidatos e que pretende participar da votação, mas que ainda não decidiu em quem votar. Arlindo, que estava no ponto de táxi, falou que não sabe quem são os candidatos nem quais são os locais de votação. 

“É feio eu falar, mas eu não conheço [nenhum conselheiro tutelar]”, admitiu Luciane Czekalski. Ela também assumiu que precisa de mais informações sobre qual seria, de fato, a função do conselheiro tutelar e disse que falta divulgação nesse sentido. Luciane comentou que sabe que as eleições ocorrem no domingo (6) e que pretende aproveitar o tempo até lá para se informar sobre o perfil dos candidatos e participar da votação. 

Na semana passada, houve um debate a fim de apresentar os candidatos à população, na Câmara. O debate foi organizado pela Comissão da Criança e Adolescente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) de Irati, pela Secretaria de Assistência Social, pelo Núcleo de Estudos e Defesa dos Direitos da Infância e Juventude (NEDIJI, da Unicentro) e pelo Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA). 

PUBLICIDADE

A presidente da Comissão da Criança e do Adolescente da OAB de Irati, Miriam Guimarães, em entrevista no programa “Meio Dia em Notícias” no início de setembro, comentou que a sucessiva repetição de nomes na composição do Conselho Tutelar decorre, até mesmo, da falta de interesse ou de informação da população em geral sobre o processo de candidatura e sobre a função do Conselho Tutelar. O debate era uma oportunidade de esclarecer dúvidas da população quanto a isso. 

O Conselho Tutelar é um órgão que zela pelo direito à proteção da criança e do adolescente, tanto pela omissão dos próprios familiares quanto do Estado. O conselheiro tutelar faz requisições de serviço público para dar prioridade de atendimento a crianças e adolescentes. Em Irati, o conselheiro tutelar é um servidor comissionado, com regime semanal de 44 horas e salário mensal bruto de R$ 3.097,73 (sem considerar os descontos). 

Locais de votação na eleição do Conselho Tutelar

Votação eletrônica 

A votação é feita em urna eletrônica. Cada candidato é representado por um número de três algarismos: Ademir Carneiro – 222; Ana Célia Vaz – 643; Claudir Gutervil – 210; Daniele Ignacheski – 111; Dulce Cardoso – 140; Ederli – 777; Edineia Gonçalves de Oliveira – 333; Gisele Sequinel Gasparelo – 456; Jussara Nunes – 277; Mari Mufato – 132; Sônia Mara da Rocha – 345; Thiago Gorte – 123 e Vinícius da Guarda Mirim – 500. 

PUBLICIDADE

A conselheira Néli Krepki, que concorreria à reeleição com o número 190, desistiu de participar da disputa. Ainda que o nome e número dela continuem a constar na urna eletrônica, os votos a ela serão considerados nulos, devido à desistência. Os outros quatro conselheiros tutelares titulares da atual gestão são candidatos: Ademir Carneiro, Gisele Gasparelo, Jussara Nunes e Sônia Mara da Rocha. 

A apuração dos votos começa a partir das 17h de domingo (6), na Casa dos Conselhos.

Comentários

AO VIVO
AM
15:00 às 19:30 Jornadas Esportivas Equipe da Verdade
FM
16:30 às 20:00 Variadão Najuá Programação Najuá