Notícias Irati e Região

09/06/19 - 12h45 - atualizada em 09/06/19 às 14h04

Ratinho libera R$ 12 milhões para investimentos em obras em Irati

Irati ficou com quase metade do pacote de R$ 25,4 milhões repassado para municípios das regiões Centro-Sul, Sul e Campos Gerais

Edilson Kernicki, com reportagem de Paulo Henrique Sava e informações e fotos da AEN 


O governador Carlos Massa Ratinho Júnior (PSD) confirmou a liberação de R$ 12 milhões para investimentos em obras em Irati, nesta sexta (7). O montante corresponde a quase metade do pacote de R$ 25,4 milhões repassados a 14 municípios das regiões Centro-Sul, Sul e Campos Gerais, que envolve projetos das Secretarias de Desenvolvimento Urbano e Obras Públicas (SEDU) e de Infraestrutura e Logística (SEIL). 

Segundo Ratinho Júnior, os recursos atendem a demandas represadas da região e foram reservados a partir de medidas de economia adotadas nesse início de gestão, como o “enxugamento da máquina pública”, o “corte de mordomias” e a revisão de contratos.

No encontro com os prefeitos, realizado na Câmara de Irati, foram autorizados convênios, licitações e homologações de pavimentação e recape de vias, aquisição de veículos e de equipamentos entre outros investimentos.

Entre as obras contempladas pelo pacote de investimentos em Irati, que soma R$ 12 milhões, se incluem o novo Centro de Eventos a ser construído no CT Willy Laars; a recuperação da estrada de acesso ao distrito de Gonçalves Júnior no valor de R$ 2,2 milhões; a pavimentação do acesso ao Instituto Federal do Paraná (IFPR); uma ponte na localidade de Barra do Gavião com recurso de R$ 44 mil e a execução de um projeto piloto que vai integrar os bairros Lagoa e Riozinho, passando por Engenheiro Gutierrez, através da Avenida Expedicionário João Protzek, que deve também receber um parquinho infantil com investimento de R$ 74 mil.

Quer receber notícias pelo WhatsApp?

Envie SIM notícias http://bit.ly/CliqueAquiWhatsSuperNajua  

Por e-mail: http://bit.ly/2BiE4tC 

Texto continua após a publicidade

PUBLICIDADE

“Esses investimentos são fruto de um trabalho que viemos fazendo desde o início do ano, nesses primeiros cinco meses de trabalho, que é enxugar a máquina pública, cortar mordomias e rever contratos. Tudo isso tem ajudado a começar a sobrar dinheiro para atender aos municípios e melhorar a vida das pessoas”, ressaltou Ratinho Júnior.

“Estou muito satisfeito com a presença do governador e a homologação e liberação, para nós, de mais de R$ 12 milhões só para a cidade de Irati. Para nós, é um orgulho muito grande hoje. A cidade precisa, pois há demandas muito grandes da população e isso vem ao encontro do que necessitamos”, afirma o prefeito Jorge Derbli (PSDB).

Derbli frisa que, desses R$ 12 milhões, o montante de R$ 3,5 milhões será aplicado na construção de um Centro de Eventos de mais de 2 mil metros quadrados no CT Willy Laars. O prefeito também comemorou a liberação de recursos para recuperar a estrada de Irati a Gonçalves Júnior. “Conseguimos a liberação do recurso para iniciarmos uma obra que aguardávamos há muito tempo, a restauração e conservação da estrada que liga Irati a Gonçalves Júnior. Através, hoje, dessa liberação, nos próximos dias já vamos dar início a essa obra”, garante.

PUBLICIDADE

“Quando falamos de R$ 12 milhões é porque não foram anunciadas todas as obras. Estamos falando de R$ 7 milhões de pavimentação asfáltica, mais de R$ 3 milhões para o Centro de Eventos, mais equipamentos, mais liberações no interior para pavimentação asfáltica e equipamentos rodoviários. E temos ainda mais alguns investimentos que estão em fase final de liberação, como os dois campinhos, que são mais R$ 560 mil, além da obra de Irati a São Mateus do Sul, uma obra de mais de R$ 100 milhões”, enfatiza o deputado estadual Artagão Júnior.

Outros municípios

Ipiranga receberá R$ 2,5 milhões para aplicar em pavimentação, ao passo que São Mateus do Sul terá outros R$ 1,3 milhão para a mesma finalidade. Para Antônio Olinto, foram destinados R$ 247.910,00 para complementar o prédio da Prefeitura, com a construção de novas áreas de estacionamento, um prédio para o Conselho Tutelar e a demolição da antiga sede.

Bituruna, por sua vez, vai usar a verba para revisar o Plano Diretor Municipal, para que fique de acordo com o Termo de Referência do Paranacidade. Outros municípios contemplados com recursos são Cruz Machado, Mallet, Palmeira, Paula Freitas, Paulo Frontin, Pinhão, Porto Amazonas, Prudentópolis e Teixeira Soares. A maior parte dos recursos é do tesouro estadual, repassados a fundo perdido. Os demais projetos serão desenvolvidos com recursos do Sistema de Financiamento aos Municípios.

O presidente da Associação dos Municípios do Centro-Sul do Paraná (Amcespar), Júnior Benato (PSD), prefeito de Inácio Martins, comemorou o pacote de investimentos nas regiões Centro-Sul e Sul. “Não só eu como, com certeza, todos os prefeitos estão felizes, tanto da região Sul quanto da Centro-Sul. Nos sentimos muito felizes, porque o governador, na época de campanha já passou por aqui assumindo alguns compromissos e agora, alguns, ele já vem cumprir. Estamos no sexto mês de mandato de governo e o governador já vem para nossa região. A descentralização só tinha passado por municípios de grande porte – Londrina, Maringá, Cascavel – e agora está em Irati com o anúncio de infraestrutura e obras estruturantes. É um novo estado do Paraná sendo construído junto com as regiões”, diz.

PUBLICIDADE

“É importante que esses municípios recebam investimentos tanto na área de infraestrutura e de outras situações que estamos precisando. É apenas o começo, mas tenho certeza de que o governo vai estar sempre atento à nossa região”, afirma o deputado estadual Emerson Bacil (PSL), que representa o Centro-Sul na ALEP.

PR-364

O governador e o secretário de Infraestrutura e Logística, Sandro Alex, sobrevoaram as obras de pavimentação da PR-364, no trecho de 47,7 quilômetros que liga Irati a São Mateus do Sul. A obra está orçada em R$ 100 milhões e deve ser executada em 24 meses. “O que tínhamos planejado para toda a região está acontecendo. Colocamos para rodar uma obra que lançaram quatro vezes e só começou em março deste ano”, ressaltou Sandro Alex.

“A ideia é fazê-la ficar pronta o quanto antes, pois é uma ligação importante”, complementa o governador.

Outras demandas

Ratinho Júnior comentou a respeito de demandas que foram deixadas em aberto por governos anteriores, a exemplo da elevação do Corpo de Bombeiros de Irati à categoria de Subgrupamento Independente, que chegou a ser anunciada em dezembro de 2018, mas que não veio a se consolidar. “Estamos, dentro dessa programação e planejamento que estamos fazendo, tentando atender a todos os pleitos regionais do Paraná e alguns anúncios que foram feitos, mas não se concretizaram”, disse.

PUBLICIDADE

O governador considera que o maior desafio está relacionado à área de segurança, que precisa resolver questões ligadas ao deficit de vagas no sistema penitenciário. “A questão prisional é um problema sério. Assumimos o governo com 11 mil presos em delegacias. É o maior número de presos [nessas condições] no Brasil. O problema é que não se faz um presídio da noite para o dia, leva-se dois anos. Estamos nos organizando agora, já estive reunido com o ministro da Justiça, Sérgio Moro, e conseguimos um recurso do governo federal para fazer esses presídios. Tinha recurso do governo em caixa há três anos, que não foram utilizados. Agora estamos planejando, fazendo os projetos para que possamos fazer de 12 a 14 presídios para diminuir esse problema”, afirmou.

Consórcios

Na segunda (3), o governador e o secretário de Saúde, Beto Preto, assinaram a liberação de R$ 20 milhões para 19 consórcios intermunicipais de saúde. O Consórcio da Amcespar (CIS/Amcespar) foi contemplado, na oportunidade, com R$ 715.824,00. “Os consórcios intermunicipais têm dado muito certo no Paraná. Na Saúde, é um exemplo. Temos também os consórcios de segurança, que têm dado certo. Temos também um trabalho na Secretaria de Meio Ambiente, juntamente com nossa equipe de técnicos do IAP, que estamos fazendo para a questão dos lixões a céu aberto. Ainda temos 45% das cidades do Paraná com lixões. Temos que trabalhar aterros, melhorar a questão ambiental; essa é uma preocupação que temos e esperamos resolver através de consórcio. A ideia é fomentar os consórcios cada vez mais”, destacou Ratinho Júnior, nesta sexta (7).

“Os consórcios são muito importantes. Hoje, único município que tem gestão plena da Saúde é Curitiba. Os outros têm que se consorciar para ter profissionais de várias especialidades. Esse aporte de recursos vai facilitar não só os profissionais como a estrutura do Consórcio melhorando e atendendo nossa população”, analisa o presidente da Amcespar, Júnior Benato.

PUBLICIDADE

Recursos liberados

Secretaria de Infraestrutura e Logística

Irati- Construção de ponte com a cessão de pré-moldados em Barra do Gavião- R$ 44 mil e obra de pavimentação em Gonçalves Junior- R$2.199.078,00;

Teixeira Soares- Pavimentação de vias urbanas convênio de R$ 903.778,50;

Prudentópolis- Pavimentação poliédrica em Nova Galícia convênio de R$1.609.561,80, pavimentação poliédrica em Papanduva convênio de R$ 3.231.041,99 e construção de ponte com a cessão de pré-moldados no Rio Anta Gorda no valor de R$ 46 mil;

Mallet- Conservação da PR-281 em Rio Claro do Sul convênio de R$ 163.963,13;

Ipiranga- Pavimentação de vias urbanas convênio de R$ 739.911,94.

PUBLICIDADE

Secretaria de Desenvolvimento Urbano (SEDU/Paranacidade)

Antonio Olinto- Construção do Paço Municipal- Homologação R$ 247.918,56;

Bituruna- Plano Diretor Municipal- Licitação R$ 190.147,11;

Campina do Simão- Meu Campinho- Homologação R$436.324,85;

Goioxim- Plano Diretor Municipal- Licitação R$ 273.997,41;

Ipiranga- Pavimentação- Homologação R$ 1.835.800,00;

Irati- Centro de Eventos- Homologação R$ 2.999.229,95 e equipamento para praça homologação R$ 74.500,00;

Palmeira- Veículos licitação R$ 77.490,00 e equipamentos rodoviários homologação R$ 259 mil;

Paula Freitas- pavimentação de vias urbanas homologação R$ 421.080,00 e equipamentos licitação R$ 159.650,00

Paulo Frontin- Veículo licitação R$ 57.040,00;

Pinhão- Equipamentos rodoviários homologação R$ 183.200,00 e veículo homologação R$ 150.499,00;

Porto Amazonas- Equipamentos rodoviários licitação R$ 330 mil;

Prudentópolis- Equipamentos rodoviários homologação R$ 244.900,00;

São Mateus do Sul- Pavimentação de vias urbanas homologação R$ 1.383.913,10;

Teixeira Soares- Equipamentos rodoviários licitação R$ 315.700,00


Comentários

AO VIVO
AM
17:00 às 17:30 A POLÍCIA É NOTÍCIA Tadeu Stefaniak e Rose Harmuch
FM
17:00 às 18:55 Tarde Campeira Amilton Ferreira