Notícias Irati e Região

24/10/15 - 13h19 - atualizada em 26/10/15 às 15h33

Projeto prevê investimento de R$ 1 milhão para pavimentar Avenida Paraná

Mais de oito quilômetros de ruas em Irati serão pavimentados com a aprovação de dois projetos de lei que tramitam na Câmara
Jussara Harmuch

Mais de oito quilômetros de ruas em Irati serão pavimentados com a aprovação de dois projetos de lei que tramitam na Câmara. A pavimentação inclui drenagem de águas pluviais, calçadas, sarjetas e meios-fios nas ruas onde a demanda por melhorias é frequente.

A obra do trecho da Avenida Paraná custará, aproximadamente, R$ 1 milhão de reais e se estenderá das margens da BR-153 até o Centro Estadual Florestal de Educação Profissional Presidente Costa e Silva, conhecido como Colégio Florestal.

Além do instituto educacional, a via é importante meio de acesso a um dos maiores bairros, a Vila São João, diz o prefeito Odilon Burgath (PT). Um projeto de revitalização e urbanização já estava em estudo desde 2014 e, de acordo com o secretário municipal de Engenharia e Urbanismo, Sandro Podgurski, também uma solução para melhorar as condições de conversão para o motorista que está na Avenida Paraná e deseja entrar na BR-153.

Projeto prevê investimento de R$ 1 milhão para pavimentação da Avenida Paraná
Outros trechos que devem ser pavimentados são: Avenida das Torres e ruas dos bairros Lagoa e Alto da Lagoa. Acesso aos bairros Pedreira, Santa Fé, Vila Nova e Vila Raquel (ruas Londrina e Jandaia do Sul). Também as ruas Antônio Borazo e outras de Engenheiro Gutierrez que dão acesso à Unicentro, João Bader Maluf, Alcides Boese, no bairro Ouro Verde e alguns trechos de ruas do loteamento Camacuã que não foram contemplados na primeira etapa do convênio com o Ministério das Cidades.

Dois projetos de lei (85 e 86/2015) estão em fase de votação, um deles autoriza o Executivo a contratar operação de crédito com a Agência de Fomento do Paraná e outro a abrir crédito de até R$13 milhões.

Conforme o projeto, R$ 9,6 milhões estão destinados para pavimentação, a um preço estimado de R$ 155 o metro quadrado e R$ 3.042.062 para o término da obra do novo ginásio.

Capacidade de endividamento

O empréstimo estaria dentro da capacidade de endividamento do município, hoje R$ 15 milhões. Um fator positivo, de acordo com Odilon, é o prazo estipulado pela Secretaria de Desenvolvimento Urbano (SEDU) para quitação da dívida, não menos que cinco anos. Outro empréstimo já foi realizado na sua administração, para pavimentação no Santos Dumont, bairro Marcelo e Jardim Planalto. O governo Federal financiou R$ 4 milhões para serem pagos em 20 anos.

Com receitas atreladas ao cumprimento dos percentuais na área da Saúde (15%) e Educação (25%) e o pagamento da folha de pessoal, que em geral, se aproxima do limite (51,4 %), sobram poucos recursos para os administradores municipais. Em Irati, por opção, o percentual gasto com Saúde é ainda maior, 24%.
 
A quitação da dívida trabalhista dos 35%, que custou até agora R$ 10 milhões e o pagamento de um precatório antigo de FGTS, R$ 1 milhão este ano, são fatores que comprometem o orçamento, aponta Odilon. O empréstimo é a única forma de conseguir a execução destas obras que atendem à demanda da população.  O prefeito diz que espera que os legisladores possam analisar os projetos com carinho, pois só trará benefícios à população.

Projeto entrará na pauta de segunda-feira

O ofício de encaminhamento do projeto foi lido na sessão do dia 31 de agosto e havia sido apresentado para votação na sessão da última segunda-feira (19), mas foi retirado da pauta devido a um pedido de vistas do vereador Emiliano Gomes (PSD).

Procurado pela reportagem, o vereador disse que o pedido de vistas foi apresentado para que ele e os demais parlamentares pudessem analisar o teor da matéria, principalmente porque o município já realizou outro empréstimo recentemente. Emiliano preferiu não antecipar se o seu voto será favorável ou contrário ao projeto. Ele comentou que pretende se manifestar sobre o assunto somente quando o projeto for colocado em discussão, o que deve ocorrer na sessão de segunda-feira, 26.

Comentários

AO VIVO
FM
20:00 às 23:59 Najuá Night Club Programação Najuá