Notícias Irati e Região

19/09/19 - 10h20 - atualizada em 19/09/19 às 10h43

Programa estadual repassa 170 caixas de alimentos para escolas e entidades de Irati

CEASA enviou caixas de tomate, cenoura e brócolis, através do programa Banco de Alimentos

Edilson Kernicki, com reportagem e fotos de Sidnei Jorge e informações Assessoria 

O município de Irati recebeu, na quarta-feira (18), uma carga de 170 caixas de alimentos vindas do CEASA, para serem repassadas a escolas, Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIs) e outras entidades.

O repasse integra o Banco de Alimentos do Estado do Paraná, programa ligado ao CEASA. É a primeira entrega destinada a Irati, desde que o município se cadastrou no programa, há um ano. As caixas contêm tomate, cenoura e brócolis e foram entregues no Centro de Processamento de Alimentos, para serem acondicionados na câmara fria até a distribuição.

Para se habilitar ao repasse, era necessário que o município apresentasse um projeto detalhado, elencando as características de cada entidade a ser beneficiada. Também era crucial que o município tivesse um caminhão adequado para o transporte e um local para o armazenamento, nesse caso, a câmara fria.

O primeiro lote de alimentos recebidos através do programa vai beneficiar escolas, CMEIs, Santa Casa, ANAPCI, Asilo Santa Rita, Comunidade Bethânia, Cidade da Criança, paróquias, Casa Lar, albergue, APAE e as Pastorais da Família e da Criança.

CLIQUE AQUI E RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS PELO WHATSAPP

PUBLICIDADE

Houve o empenho de várias Secretarias municipais para que Irati fosse atendida pelo programa, entre elas, a de Educação, a de Planejamento e a de Agricultura, explica a secretária de Educação, Rita Almeida. “São mercadorias que não são vendidas no dia e que são repassadas para alguns municípios, algumas entidades do estado do Paraná. Quando soubemos disso, há um ano, envolveu muitas Secretarias: a de Planejamento, que fez o projeto; depois, a de Agricultura, quando os agricultores foram visitar o CEASA e, depois, a engenheira de alimentos Daniele, com a Bruna, nossa nutricionista, fizeram o projeto e fomos cadastrados. Para nossa surpresa, rapidamente veio a notícia: ‘venham buscar’”, comenta. Segundo Rita, o repasse de alimentos do CEASA deverá ser semanal.

A engenheira de alimentos Daniele Schlumberger avisa às entidades que não estão cadastradas no programa Banco de Alimentos, que elas podem procurá-la no Centro de Processamento de Alimentos, das 8 às 11h e das 13 às 17h.

O repasse semanal de alimentos deve ser diversificado, entre frutas, legumes e verduras, conforme a disponibilidade do CEASA. De forma escalonada, serão atendidas as 27 escolas municipais e os 15 CMEIs. Inicialmente, foram selecionadas para o programa as entidades naturalmente aptas a receber o benefício. As demais interessadas podem receber, desde que se enquadrem nos critérios do programa.

PUBLICIDADE

O secretário de Agropecuária, Abastecimento e Segurança Alimentar, Raimundo Gnatkowski, o Mundio, ficou tão entusiasmado com a entrega dos alimentos que ele mesmo decidiu ajudar a descarregar as caixas de 20 quilos do caminhão. “Estamos tomando o cuidado em registrar tudo. As entidades vão receber esses alimentos registrados, vão assinar o recebimento e vamos fazer uma prestação de contas junto ao Banco de Alimentos. A partir do momento que houver essa credibilidade, por parte do Banco de Alimentos, ela estará cadastrada permanentemente e não perderá mais esse credenciamento”, destaca.

Segundo Mundio, o repasse vem em boa hora, tendo em vista o recente crescimento no número de crianças matriculadas em escolas e CMEIs, que têm ensino em período integral e a alimentação é um componente importante.

Na próxima semana, o pessoal do Banco de Alimentos vai visitar Irati a fim de acompanhar a distribuição. O programa exige o encaminhamento de relatórios da destinação dos produtos, a fim de evitar desperdícios.


Comentários

AO VIVO
FM
20:00 às 23:59 Najuá Night Club Programação Najuá