Notícias Irati e Região

04/12/18 - 16h06 - atualizada em 04/12/18 às 16h18

Problemas na piscina devem atrasar entrega do Centro da Juventude

Obra, que estava parada há mais de 5 anos, foi retomada pelo município, em parceria com o Governo do Estado

Paulo Henrique Sava


As obras do Centro da Juventude Nagib Harmuch devem sofrer atraso na entrega, conforme o secretário de Arquitetura, Engenharia e Urbanismo de Irati, Dagoberto Waydzik. Isto porque foram detectados problemas na piscina, o que vem causando preocupação ao Executivo. Conforme Dagoberto, apareceram trincas na cerâmica, o que ocasionou uma infiltração na estrutura. Este fato obriga a empreiteira responsável a refazer toda a impermeabilização do local, o que irá gerar um custo extra de R$ 150 mil. Com isto, a obra, que deveria ficar pronta em até dois meses, terá seu prazo de execução prorrogado.

PUBLICIDADE

Além disso, a pintura de parte da obra precisa ser refeita, uma vez que há pontos de pichação na fachada do prédio. Dagoberto diz que a empreiteira está com mais de 50% da obra pronta. “Estamos bem animados, e se não fosse o problema da piscina, creio que com dois meses terminaríamos esta obra. Com certeza teremos que ir atrás de recursos, que serão livres, ou seja, da própria prefeitura, para poder terminar a obra, nós darmos a nossa contrapartida e o Estado repassar a parte dele. Depois, vamos solucionar o problema da piscina, porque não podemos entregar a obra incompleta, e a piscina faz parte de seu escopo”, comentou.

Segurança

Conforme a engenheira Lorena Havresko, a responsabilidade pela segurança da obra é da empreiteira Primordial, de Pinhão, que assumiu os trabalhos e precisa também concluir a parte elétrica, a pintura, a instalação de uma bomba na piscina e o acabamento. Qualquer problema encontrado no Centro da Juventude será de responsabilidade da empresa.

PUBLICIDADE

Retomada da obra

A ordem de serviço para retomada das obras foi assinada em junho pela governadora Cida Borghetti. O custo da conclusão, de mais de R$ 1,5 milhão, foi dividido entre o Estado e o município. Caso a prefeitura não aceitasse a proposta, teria que devolver mais de R$ 2 milhões gastos pelo Governo do Estado para execução da obra.

Quer receber notícias locais? Envie whats para 42 991135618 SIM NOTICIAS ou cadastre seu e-mail na newsletter pelo site da Najuá

Comentários

AO VIVO
AM
17:30 às 19:00 Conexão Geral Tadeu Stefaniak
FM
17:00 às 18:55 Tarde Campeira Amilton Ferreira