Notícias Irati e Região

23/09/11 - 03h43 - atualizada em 28/09/11 às 00h26

Parceria entre secretaria de Meio Ambiente e IFPR proporciona arborização de vários pontos da cidade

Durante comemorações do dia da árvore, secretaria do Meio Ambiente em parceria com o IFPR realiza plantio de mudas nativas e também a entrega de mudas frutíferas para a população de Irati.
Rodrigo Zub

Nem toda a sociedade sabe entender o significado da preservação de uma árvore. Devemos respeitá-la e preservá-la, não só pela beleza, mas por ser indispensável à nossa própria vida. Quando alguém destrói uma árvore, está destruindo uma fonte de vida no planeta. Com este pensamento, a secretaria do Meio Ambiente de Irati, em parceria com o Campus Irati do Instituto Federal do Paraná (IFPR), realizou na última quarta-feira, 21, - Dia da Árvore - o plantio de mudas nativas e também a entrega de mudas frutíferas para a população de Irati.

Projeto "Estradas com Araucárias"

Outro projeto visando manter a qualidade e preservação do meio ambiente que vai entrar em vigor em Irati nos próximos meses, é o “Estradas com Araucárias”, programa desenvolvido pela Coordenadoria de Mudanças Climáticas da Secretaria Estadual do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Sema), que pretende incentivar os produtores rurais a fazer o plantio de árvores nas divisas das propriedades rurais. Lançado no mês passado no município de Araucária, o projeto conta com a parceria do Instituto Ambiental do Paraná (IAP), Embrapa, Emater, Universidade Federal do Paraná (UFPR) e Secretária Estadual de Agricultura e Abastecimento (Seab).

“Vamos fazer o lançamento deste projeto junto com a coordenadoria, secretaria de Estado do Meio Ambiente, possivelmente na primeira quinzena de outubro aqui em Irati. Estamos ainda com o Edmilson que é o chefe do IAP agendando uma data para que possamos levar o maior número de pessoas possível para detalharmos este projeto que é muito importante, pois estaremos preservando a árvore símbolo do Estado do Paraná”, o secretário municipal de Meio Ambiente.
Em conversa com a equipe da Najuá, o secretário de Mio Ambiente, Luiz Carlos Ramos explicou que as árvores nativas foram cedidas pelo IFPR e são produzidas pela instituição em parceria com o Centro de Desenvolvimento Sustentável e Capacitação em Agroecologia da cidade de Rio Bonito do Iguaçu. O projeto de produção de mudas de grande porte por sistema de alporquia para arborização é coordenado pelo professor Otávio Bezerra Sampaio.

Prefeito Sérgio realiza entrega de muda frutífera para morador de Irati
A alporquia é uma técnica de multiplicação vegatativa de plantas, utilizada principalmente em algumas plantas com as quais a estaquia não funciona facilmente. Consiste em enraizar um ramo quando ele ainda está preso na planta, retirando a muda em seguida. “Este processo nasceu na China há muitos anos atrás, e depois foi trazido para o Brasil. Hoje o professor Otávio que está em Curitiba e pertence aos quadros do IFPR ele está desenvolvendo esta ação especialmente lá em Rio Bonito do Iguaçu. As árvores são de um porte bem expressivo, como uma goiabeira que foi plantada hoje aqui que deve ter entre seis e sete metros por ai, isto que ela já foi podada”, destaca Luiz Carlos.

Revitalização e arborização da Praça Etelvina Andrade Gomes

Secretário de Meio Ambiente, Luiz Carlos Ramos destaca importância da parceria com o IFPR Campus Irati
Para Luiz Carlos, a parceria com o IFPR foi importante para o desenvolvimento deste projeto especialmente porque o intercâmbio com a instituição proporciona inúmeros benefícios especialmente para a Praça Etelvina Andrade Gomes que será totalmente revitalizada através do plantio de árvores nativas.

“No dia de Corpus Christi nós plantamos aqui [Praça Etelvina Andrade Gomes, em frente à Igreja Matriz Nossa Senhora da Luz] 25 árvores fornecidas pela Copel, como uma contrapartida, cortamos nove e fornecemos 25 ou 30, por exemplo. Infelizmente com as fortes geadas nós perdemos um grande percentual e a agora estamos refazendo, plantando estas espécies nativas que nos foram cedidas pelo IFPR. Estamos plantando mais 32, quer dizer sobreviveram 11, com mais 12 que já existiam, são 23, com mais 32 que foram plantadas, são 55 árvores só na Praça da Matriz Nossa Senhora da Luz”, revela Luiz Carlos.

Alunos do curso de agroecologia do IFPR podando os galhos da goiabeira


Plantio e distribuição de árvores

Segundo Luiz Carlos, ao todo durante foram plantadas mais de 100 árvores de variadas espécies, nas praças Etelvina Andrade Gomes, Edgard Andrade Gomes, Parque Aquático e nas proximidades do Rio Nhapindazal, durante o dia da árvore, principalmente com a finalidade de proporcionar a preservação do meio ambiente e a melhoria da qualidade de vida da população.

Funcionários da secretaria do Meio Ambiente fazendo o plantio de uma goiabeira
Muda de goiabeira tem mais de 6 m de comprimento


“São árvores nativas, produzidas pelo método de alporquia e que nós conseguimos através da parceria, 103 mudas. Hoje [quarta-feira] estamos entregando também muitas mudas de pinheiro também para os moradores do interior que tem requisitado e algumas escolas também receberam mudas, enfim há um procedimento todo orquestrado para atender a comunidade e com isso, imaginamos que estamos colaborando para que tenhamos um ambiente mais saudável”, reflete.

Luiz Carlos conta que uma das metas da secretaria é refazer o processo de arborização às margens do Rio Nhapindazal, pois algumas árvores precisaram ser cortadas para providenciar a limpeza e o alargamento do rio, dando assim mais tranquilidade aos moradores da localidade que foram diretamente afetados pelas fortes chuvas dos últimos meses.

Outra ação efetuada durante as comemorações do Dia da Árvore foi a entrega de mudas frutíferas produzidas pela secretaria Municipal de Agricultura, no viveiro da Agrovila. Vale lembrar que num período de dois anos mais de 500 já produzidas neste local.

“São mudas de pêssego e de ameixa, devidamente enxertados. Entregamos na comunidade da Vila Matilde 50 pés de pêssego, os terrenos são pequenos na comunidade, então houve uma solicitação da professora Silvana, do IFPR para a gente brindar a comunidade. Cada um vai plantar no seu quintal, não é de fronte a casa, é no seu quintal. E, diga-se de passagem, a gente não cobra nenhum centavo por isso”, comenta.

Vale destacar que o IFPR cedeu 138 mudas a Secretaria do Meio Ambiente: Miguel Pintado (5), goiabeira (10), aroeira salsa (10), pata de vaca (5), ariticum (5), sibipiruna (10), açoita cavalo (15), guabiroveira (10), uvaia (8), cerejeira do mato (5), rabo de bugio (10), cedro (10), angico vermelho (5), vacum (5), canjarana (10), Maria preta (5) e ameixa amarela (5).


Comentários

AO VIVO
AM
00:00 às 05:00 Rede Milícia da Imaculada Rede Milícia Sat
FM
04:00 às 05:00 Sertanejo Najuá Programação Najuá