Notícias Irati e Região

22/10/19 - 19h22 - atualizada em 23/10/19 às 00h22

ūüéß Iratiense assume comando do 1¬ļ Pelot√£o da Pol√≠cia Ambiental

Tenente Gisleia Aparecida Ferreira passou a comandar o 1¬ļ Pelot√£o da 4¬™ Cia, que est√° sediado em Guarapuava e atende a uma √°rea de abrang√™ncia de 70 munic√≠pios

Da Redação, com reportagem de Rodrigo Zub 

1¬ļ Tenente Gisleia Aparecida Ferreira est√° comandando 1¬ļ Pelot√£o da 4¬™ Cia da Pol√≠cia Ambiental h√° dois meses

A 1¬ļ tenente Gisleia Aparecida Ferreira deixou o posto na 8¬™ Companhia Independente da Pol√≠cia Militar (CIPM), em Irati, para se encarregar de uma nova miss√£o. Ela assumiu o comando do 1¬ļ Pelot√£o da 4¬™ Companhia da Pol√≠cia Ambiental, com sede em Guarapuava, que abrange 70 munic√≠pios. Ela tamb√©m responde pelos comandos do 2¬ļ, 3¬ļ e 4¬ļ pelot√Ķes, enquanto os tenentes est√£o em f√©rias.

Acompanhe o √°udio da reportagem no fim do texto

O convite foi feito √† tenente depois que o tenente-coronel Adilson Luiz Correa assumiu o comando do Batalh√£o de Pol√≠cia Ambiental. A 4¬™ Companhia abrange munic√≠pios dos Campos Gerais e do Centro-Sul. A sede fica em Guarapuava, onde tamb√©m fica o 1¬ļ Pelot√£o, que abrange 27 munic√≠pios. O 2¬ļ Pelot√£o, do qual Irati faz parte, est√° localizado em Ponta Grossa; o 3¬ļ, em Tel√™maco Borba e o 4¬ļ, na Lapa. S√£o cerca de 170 policiais, dos quais 35 ficam no 1¬ļ Pelot√£o, em Guarapuava.

Gisleia explica que a atua√ß√£o da For√ßa Verde √© no combate aos crimes ambientais ‚Äď como o desmatamento ilegal, a ca√ßa ilegal e a pesca ilegal, por exemplo ‚Äď e na promo√ß√£o da educa√ß√£o ambiental. ‚ÄúTemos uma equipe que faz a educa√ß√£o ambiental nas escolas. √Č a For√ßa Ambiental Mirim, que faz bastante sucesso entre as crian√ßas. √Č realmente importante orientarmos antes de punirmos. Conversamos com as crian√ßas, tentamos colocar um pouco de educa√ß√£o ambiental para que elas levem pela vida inteira‚ÄĚ, diz.

Na √°rea criminal, equipes v√£o a campo averiguar den√ļncias e fazem patrulhamento preventivo, a fim de coibir crimes ambientais.

CLIQUE AQUI E RECEBA NOSSAS NOT√ćCIAS PELO WHATSAPP

PUBLICIDADE

Gisleia atua há 23 anos na corporação

Gisleia ingressou na Corpora√ß√£o em 1996, na cidade de Guarapuava, onde atuou por cinco anos, antes de passar pelos munic√≠pios de Ponta Grossa e Curitiba. Desde 2007, passou a atuar na 2¬™ Companhia do 1¬ļ Batalh√£o da PM, que viria a se tornar, em 14 de outubro de 2010, a 8¬™ Cia. Em meio a esse per√≠odo, a tenente foi a Curitiba em 2009 fazer o curso de oficial e retornou a Irati em 2011. ‚ÄúAli desenvolvi muitas fun√ß√Ķes operacionais, administrativas, de comunica√ß√£o social. Durante muito tempo fiz parte do Setor de Comunica√ß√£o Social e mantinha contato com a imprensa‚ÄĚ, relembra. Nesse intervalo, tamb√©m assumiu fun√ß√Ķes de comando de Pelot√Ķes e foi subcomandante da 8¬™ Cia.

Por enquanto, na nova fun√ß√£o, tudo tem sido aprendizado para Gisleia. ‚ÄúTudo √© novidade. Tem policiais nossos aqui que est√£o na Pol√≠cia Ambiental h√° 17, 18, 20 anos. Eles sabem tudo de policiamento ambiental e estamos aprendendo com eles, vendo qual √© o trabalho e estamos colaborando. A fun√ß√£o do oficial √© mais de coordena√ß√£o. Como comandante, sempre estamos fiscalizando, respondendo a algum procedimento espec√≠fico que o Minist√©rio P√ļblico manda direto para n√≥s. A fun√ß√£o do oficial √©, mesmo, a fiscaliza√ß√£o das equipes‚ÄĚ, compara.

As den√ļncias de crimes ambientais podem ser direcionadas para o telefone 181 ‚Äď basta informar que deseja entrar em contato com a Pol√≠cia Ambiental e mencionar a cidade da ocorr√™ncia. Entre os crimes ambientais mais recorrentes na regi√£o, est√£o o de manter em cativeiro p√°ssaros silvestres e o corte ilegal de madeira. ‚ÄúNa √°rea de preserva√ß√£o permanente, [a madeira] n√£o pode ser retirada de maneira nenhuma. Quando tem algum outro tipo de extra√ß√£o de madeira, tem que solicitar [licen√ßa] ao IAP. A primeira coisa que a Pol√≠cia Ambiental chega e verifica √© se houve corte de madeira; notifica o propriet√°rio para trazer at√© a sede tudo o que tiver de documenta√ß√£o. Se tiver autoriza√ß√£o do IAP, n√£o vai ter problemas. Se n√£o tiver a documenta√ß√£o, a√≠ √© embargado e tem multas, com valores altos. Numa opera√ß√£o recente, a multa foi de R$ 100 mil‚ÄĚ, exemplifica.

PUBLICIDADE

J√° a verifica√ß√£o de den√ļncias de ca√ßa √© um pouco mais dif√≠cil, segundo a comandante do 1¬ļ Pelot√£o da Pol√≠cia Ambiental, devido √† necessidade do flagrante. ‚Äú√Äs vezes, as den√ļncias nos chegam atrasadas e n√£o se consegue mandar a equipe, porque os ca√ßadores n√£o estar√£o mais l√°. Se algu√©m tiver a informa√ß√£o precisa de que a ca√ßa esteja ocorrendo naquele momento, pode nos ligar aqui‚ÄĚ, diz.

Tenente foi homenageada com Elogio Individual durante a cerim√īnia de comemora√ß√£o de nove anos de instala√ß√£o da 8¬™ Cia realizada na sexta-feira, 18, na C√Ęmara de Irati

‚ÄúQuanto √† pesca, n√≥s fazemos patrulhamento, porque nossa √°rea de atua√ß√£o, do 1¬ļ Pelot√£o, pega todas essas usinas, como a de Santiago, Salto Segredo, Foz do Areia. √Č feito o patrulhamento aqu√°tico, com os barcos e as equipes v√£o e fazem patrulhamento nas encostas, onde s√£o frequentemente encontradas as redes de pesca, que os pescadores deixam l√°. A√≠ j√° √© feito o flagrante‚ÄĚ, acrescenta.

A preparação para ser da Força Verde envolve um curso de 80 dias de preparação e uma prova, uma vez que se trata de um policiamento especializado que exige conhecimentos na área.

Al√©m disso, a tenente, que √© graduada em Direito pela Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG) e especializa√ß√£o em Administrativo Disciplinar e Direitos Humanos, tem procurado se aperfei√ßoar nos estudos de legisla√ß√£o ambiental, que √© bastante espec√≠fica. ‚ÄúEstou buscando cursos de especializa√ß√£o. Sempre estamos em contato com IAP e IBAMA, que s√£o mais espec√≠ficos ainda. A legisla√ß√£o ambiental √© como a de tr√Ęnsito, que sempre est√° mudando. Ent√£o sempre temos que estar em contato com esses √≥rg√£os para n√£o deixar passar alguma coisa que tenha mudado‚ÄĚ, conta.

PUBLICIDADE

Gisleia tamb√©m comenta sobre a 8¬™ Cia, que completou nove anos na semana passada. ‚Äú√Č uma unidade que trago no cora√ß√£o. Sinto saudades, mas tudo tem que evoluir na vida da gente. Essa mudan√ßa para a Pol√≠cia Ambiental para mim faz bem, pessoal e profissionalmente. Mas a 8¬™ Cia est√° no meu cora√ß√£o. Familiares moram a√≠ [em Irati] e estou sempre indo para a√≠, quase todo final de semana. Nunca vou me desvincular. Ali fiz grandes amizades em todos os comandos que passaram‚ÄĚ, comenta.

A Tenente estudou nos Col√©gios Jo√£o de Mattos Pessoa, Nossa Senhora das Gra√ßas e Antonio Xavier da Silveira, em Irati. Ela possui duas filhas (Bruna, de 27 anos, e J√ļlia com cinco anos).

Coment√°rios

AO VIVO
AM
07:45 às 08:00 Plantão de Notícias Tadeu e Paulo
FM
05:00 às 08:00 Desperta Irati Amilton Ferreira