Notícias Irati e Região

23/09/11 - 22h15 - atualizada em 28/09/11 às 19h50

Edital de licitação da conservação da BR-153 é publicado no Diário Oficial da União

Está aberto a partir desta sexta-feira, 23, o processo de licitação através do edital 0369 no valor de R$ 10,9 milhões, que prevê a conservação, roçada e sinalização no trecho de 113 km entre os municípios de Paulo Frontin e Imbituva.
Rodrigo Zub

Número excessivo de buracos tem causado inúmeros transtornos aos usuários da BR-153
24 de outubro. Não se trata de nenhum feriado nacional, grande comemoração ou data especial. Mas para os moradores da região Centro-Sul do Estado, esta data deverá marcar o fim dos transtornos causados em função das condições precárias da BR-153. Nos últimos dias havíamos recebido várias solicitações de ouvintes no mural de nosso site e através de ligações na Hora do Povão do Programa Meio Dia em Notícias, relatando sobre a falta de segurança em alguns trechos da rodovia principalmente devido ao número excessivo de buracos causados pelas fortes chuvas das últimas semanas.

Mas nesta sexta-feira, 23, uma boa notícia deve trazer mais tranquilidade para todas as pessoas que estavam apreensivas com a situação da BR-153. Foi publicado no Diário Oficial da União, o edital de licitação da conservação da BR-153 entre os municípios de Paulo Frontin e Imbituva.

Desta forma está aberto o processo de licitação através do edital 0369 no valor de R$ 10,9 milhões, que prevê a conservação, roçada e sinalização no trecho de 113 km. As obras estão previstas através do Plano Anual de Trabalho e Orçamento (Pato).

Em entrevista à reportagem da Najuá, na manhã desta sexta-feira, 23, o deputado federal Sandro Alex (PPS/PR) disse que a data para abertura da licitação esta marcada para o dia 24 de outubro e que as obras deverão ter início em no máximo 40 dias, já que precisam ser respeitados todos os trâmites burocráticos previstos por lei.

“Eu sei que isso deveria ser pra ontem, mas já conseguimos uma grande vitória que é hoje a publicação oficial do edital. Vamos ter investimentos esse ano e será feito nos próximos 35, 40 dias, ou seja, dentro de 30 dias que é o prazo legal e mais cinco dias que é o prazo formal para que alguém apresente algum recurso”, comemora o deputado.

Sandro diz que entende a reivindicação dos motoristas que pedem para que as obras tenham início imediatamente. Mesmo assim, ele pede a compreensão dos usuários da rodovia e lembra que o esforço conjunto da comunidade foi importante para sensibilizar os diretores do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), para que as melhorias fossem providencias ainda este ano, pois as obras não constavam no orçamento de 2011, do órgão.

“Nós batalhamos e pleiteamos, não dava mais para esperar, três, quatro, cinco meses. O mais importante é que teremos investimento esse ano, porque nada seria feito antes do orçamento de 2012, aí realmente estaríamos com uma situação muito difícil para os motoristas e usuários que utilizam esse trecho”, destaca Sandro, que solicita cautela e prudência por parte dos motoristas em alguns trechos da rodovia que estão intransitáveis.

O início das obras de conservação acontecerão até o final do mês outubro. Sandro Alex também explica que as equipes permanecerão no trecho que compreende 113 km entre Imbituva e Paulo Frontin, fazendo a recuperação diária durante todo o tempo, até que a obra de recuperação total da rodovia se inicie em 2012.

"Agora será feita a conservação, mas vai ser recuperada diariamente. Não é apenas recapada em um dia e depois sofrer novos danos em função das chuvas. Ela vai ser feita, e se acontecer algum problema, ela será recuperada novamente, ou seja, vai ser recuperada diariamente até que o projeto do Crema tenha início”, comenta Sandro.


Crema: Projeto prevê recuperação total da rodovia


Prevista para 2012, a obra de recuperação total da rodovia já tem data para abertura da licitação, 10 de outubro. Esta obra compreende um projeto de restauração total da rodovia através do Crema (Contratos de Restauração e Manutenção da Malha Rodoviária Federal).

“O Crema é uma recuperação total. Vai de Paulo Frontin até São Antônio da Platina tirando os trechos pedagiados. O valor ainda não tenho porque vai depender dos projetos a serem apresentados no dia 10. São valores muito mais altos porque é um trecho bem mais extenso”, confirma Sandro.

Sandro ressalta que este projeto de recuperação da BR-153 é totalmente diferente da operação tapa buracos realizado no final de mês de julho, providenciada de forma emergencial pelo Departamento de Estradas de Rodagem (DER), que foi apenas uma solução paliativa que não teve o resultado esperado em função das fortes chuvas ocorridas durante o mês de agosto.
 
 


Comentários

AO VIVO
AM
05:00 às 10:00 Domingo Sertanejo Edson Luís
FM
05:00 às 08:00 Domingo Sertanejo Julinho