Notícias Irati e Região

10/07/18 - 10h28 - atualizada em 10/07/18 às 17h08

Colégio da PM em Irati deve ficar pronto até 2020, garante deputado

Recurso de R$ 4,3 milhões para construção do colégio já foi empenhado

Edilson Kernicki, com reportagem de Sidnei Jorge e informações assessoria da Câmara de Irati 

Uma das unidades do Colégio da Polícia Militar no estado do Paraná fica em Curitiba

Em visita a Irati na sexta-feira (6), o deputado federal Evandro Rogério Roman (PSD) declarou que o Colégio da Polícia Militar (CPM-PR) deve ser uma realidade no município em breve e iniciar atividades até o início de 2020. A unidade iratiense será a terceira fora da capital. Além de Curitiba, há uma unidade em Londrina e, em 2019, entra em funcionamento a de Cascavel.

“O próximo desafio, de médio para grande, é a construção dessa estrutura do Colégio da Polícia Militar do Estado do Paraná, a exemplo do que está sendo feito em Cascavel, onde vamos ter a implantação já a partir do ano que vem”, disse.

De acordo com Roman, está garantido o empenho de recursos para a construção de um colégio com 12 salas de aula, no valor de R$ 4.396.000,00. A Polícia Militar já esteve na cidade avaliando as duas áreas oferecidas para a construção: um terreno em frente ao Colégio Florestal, na Vila São João, e o imóvel que abrigava o antigo Colégio Sagrado Coração, no bairro Engenheiro Gutierrez, ao lado do campus da Unicentro.

PUBLICIDADE

“Não será para o início do próximo ano. A construção, o empenho, todo o processo e todo o preparativo, que está desde a conversa com o prefeito Jorge Derbli e com algumas autoridades do município. Ela está sendo feita para garantir o recurso, a escolha do local e o trabalho [de construção]. Ou seja, vai o ano de 2019 para iniciar, mas vamos estar implantando em 2020 o Colégio da Polícia Militar do Estado do Paraná, a exemplo deste colégio que tem hoje, na cidade de Curitiba, em Irati. O melhor índice entre todas as escolas públicas do Paraná é do Colégio da Polícia Militar de Curitiba”, confirmou o deputado.

“Já pegamos o caminho há pelo menos um ano e meio e estamos implantando, já para a primeira turma, acoplado ao Centro Nacional de Treinamento para o Atletismo, que temos em Cascavel, vamos estar implantando o Colégio da Polícia Militar lá e na cidade de Irati, com esse empenho dessa obra que estamos fazendo junto ao Ministério da Educação (MEC)”, acrescentou.

PUBLICIDADE

Viabilidade do projeto

A obra foi anunciada em abril deste ano, quando os vereadores Hélio de Mello (MDB) e Edson Luiz Elias (PSDB) se reuniram com Roman. Em abril, o prefeito Jorge Derbli entregou ofícios ao então comandante da PM/PR, coronel Maurício Tortato; à atual comandante da PM/PR, coronel Audilene Rosa de Paula Dias Rocha e ao responsável pela Diretoria de Ensino e Pesquisa da Polícia Militar, coronel Mauro Celso Monteiro. No documento, o prefeito solicitava o estudo de viabilidade técnica da instalação do Colégio Militar em Irati e sugeria duas áreas para receber a estrutura. O ofício também informava que o recurso estaria assegurado junto ao MEC para aplicação na área definida para a construção. A reunião foi também acompanhada pelo deputado Roman; pelo secretário municipal de Planejamento, João Almeida Júnior e pelos vereadores Edson Elias e Hélio de Mello.

Segundo o diretor de Ensino e Pesquisa da Polícia Militar, coronel Mauro Celso Monteiro, o Colégio é uma instituição administrada por oficiais da PM, e o colégio é dirigido por um Major. Os professores e o material didático são da Secretaria de Estado da Educação (SEED), mas a coordenação é exercida por policiais.

PUBLICIDADE

A instituição está em atividade em Curitiba desde 1960 e atinge resultados reconhecidamente positivos em função de seu programa pedagógico, que estimula a dedicação aos estudos, aos esportes e à cultura e que cultiva valores humanos, como a ética, a moral, o respeito e o civismo.

Além dos recursos do MEC e da aprovação da PM, a instalação do Colégio da Polícia Militar em Irati dependia também da anuência do Estado, a quem compete disponibilizar os profissionais de educação e ampliar o efetivo da corporação de segurança, que precisa de, no mínimo, mais 25 policiais.

Em 2017, o Colégio da Polícia Militar de Curitiba obteve média de 6,8 no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB), resultado acima da média estadual, que é de 4,6 pontos. As notas obtidas pelos alunos da unidade de Curitiba classificaram a instituição de ensino como uma das melhores do Paraná.

Uma parcela das vagas oferecidas pelo CPM se destina a filhos de militares estaduais da ativa e da reserva. As vagas restantes são destinadas à população civil. Para ingresso na instituição, os candidatos são submetidos a um processo seletivo que inclui prova de conhecimentos gerais e redação.

Quer receber notícias locais? Envie whats para 42 991135618 SIM NOTICIAS ou cadastre seu e-mail na newsletter pelo site da Najuá

Em entrevista ao locutor Sidnei Jorge (Sidão), deputado Evandro Roman falou sobre a possibilidade da instalação de uma unidade do Colégio Militar em Irati

Comentários

AO VIVO
AM
00:00 às 05:00 Rede Milícia da Imaculada Rede Milícia Sat
FM
04:00 às 05:00 Sertanejo Najuá Programação Najuá