Notícias Irati e Região

17/08/19 - 13h53 - atualizada em 17/08/19 às 14h02

Busto em homenagem ao ex-prefeito Edgard Andrade Gomes é inaugurado

Escultura foi confeccionada pela artista visual Angela (Angie) Marochi Komnitski

Edilson Kernicki, com reportagem e fotos de Sidnei Jorge 

Um busto em homenagem ao ex-prefeito Edgard Andrade Gomes foi inaugurado na manhã de sexta (16), instalado na praça de mesmo nome, no Centro de Irati. A solenidade, que estava previamente agendada para o aniversário de 112 anos do município, di 15 de julho, foi adiada em função do mau tempo.

A escultura foi confeccionada pela artista visual Angela (Angie) Marochi Komnitski. Edgard Andrade Gomes era filho de Etelvina Andrade Gomes e do Coronel Emílio Baptista Gomes, que foi o primeiro prefeito de Irati, tendo assumido o cargo, que exerceu por menos de um ano, em 15 de julho de 1907 – data de emancipação política do município. Edgard, por sua vez, foi prefeito municipal em quatro ocasiões: de 1952 a 1955; de 1960 a 1963; de 1969 a 1972 e de 1977 a 1979.

“Para mim, é muito importante essa obra para a representação do que ele significa para a cidade de Irati. Mais importante ele do que eu. Eu apenas montei, modelei ele”, comentou a escultora. A autora disse que teve a iniciativa de confeccionar o busto porque sentia a falta dessa imagem representativa na praça e resolveu executar o projeto e doá-lo. “A cidade de Irati merecia ter essa obra na praça”, acrescentou.

CLIQUE AQUI E RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS PELO WHATSAPP

PUBLICIDADE

A concepção da aparência do busto teve a contribuição da família de Edgard Andrade Gomes, que entregou fotos do homenageado à artista, que buscou representá-lo “nem tão idoso, nem tão jovem”, de acordo com Angie. A modelagem do busto demorou cerca de um mês, mas foram necessários três meses até o trabalho ficar completo, segundo a artista.

A filha de Edgard, Edelzina Gomes Komnitski, disse que, para a família e, em especial, para ela própria, o busto ajuda a senti-lo mais perto e amenizar a saudade que ele deixou. “Porque ele deixou só coisas boas. Agora ele está eternizado aqui, dando mais vida para a praça que leva seu nome. Uma homenagem como essa não tem adjetivos para descrever. É muita alegria que a Angela nos proporcionou”, afirmou. 

Edelzina contou, ainda, que tinha em seu acervo pessoal fotos do pai ainda jovem e outras imagens dele com mais idade. Entretanto, ela não queria que a imagem eternizada no busto representasse o pai com aparência idosa. “Pedi à Angela que não o deixasse tão velhinho quanto ele estava quando faleceu. Então, chegamos a um meio-termo e chegamos a esse busto que o representa bem, numa idade mais madura. Acho que ficou bem realista”, avaliou.

PUBLICIDADE

A filha do homenageado descreveu o pai como um homem que falava pouco, mas de muita ação e que honrava a palavra dada. “Ele sabia de tudo, ninguém passava conversa. Por exemplo, enquanto prefeito, se ele mandava fazer uma ponte, ele sabia quantos pregos iam, quanta madeira, quanto tempo de trabalho. Ele estava permanentemente no Pátio de Máquinas. Praticamente, toda manhã ele ia ao Pátio da Prefeitura verificar se tudo estava funcionando e o que precisava”, relatou.


Comentários

AO VIVO
FM
23:00 às 23:59 Najuá Night Club Programação Najuá