Notícias Irati e Região

09/10/18 - 19h36 - atualizada em 09/10/18 às 20h14

Almoço beneficente em prol de entidades de Irati ocorre na sexta

Arrecadação de evento no CT Willy Laars será revertida para a Rede Feminina, ANAPCI, Hospital Erasto Gaertner e Capela Nossa Senhora Aparecida e Santos Inocentes

Edilson Kernicki, com reportagem de Paulo Henrique Sava 

Em 2017, primeira edição do almoço beneficente foi um sucesso. Quase 2 mil refeições foram servidas

A Estância Jacumasso promove na sexta-feira (12), feriado da padroeira Nossa Senhora Aparecida, um almoço beneficente que terá sua arrecadação revertida em prol de quatro entidades: Rede Feminina de Combate ao Câncer, Associação do Núcleo de Apoio ao Portador de Câncer de Irati (ANAPCI), Hospital Erasto Gaertner e Capela Nossa Senhora Aparecida e Santos Inocentes, do bairro Alto da Lagoa.

Os cartões para o almoço estão à venda a R$ 30, com direito a um churrasco completo. O cardápio inclui entre as opções: costela de fogo de chão, leitão e churrasco tradicional. “Temos quatro bois para fazer o churrasco; 600 quilos de costela e mais ou menos mil quilos de leitão”, conta César Jacumasso, um dos organizadores do evento, que falou sobre o evento em participação no programa "Meio Dia em Notícias".

PUBLICIDADE

Os ingressos podem ser encontrados com as voluntárias da Rede Feminina, ANAPCI e com o seu Jacumasso. Diferente do ano passado, não haverá rodeio na sexta-feira (12).

A presidente da Rede Feminina de Câncer de Irati, Ieda Waydzik, que também participou da entrevista na Rádio Najuá, espera que o almoço repita o sucesso do evento do ano passado, quando foram servidas entre 1,8 mil e 2 mil refeições, segundo ela. “Foi um dia bastante gostoso e animado, com muita gente participando, e a renda foi revertida, naquela ocasião, para a Rede Feminina. Desta vez, temos mais participantes: a Rede Feminina, a ANAPCI e, principalmente, o Hospital Erasto Gaertner. Na verdade, esse ano, estamos lançando a campanha do hospital – não digo novo, mas completo”, afirma.

Ieda frisa que o volume de atendimentos na Unidade Avançada do Erasto Gaertner, que funciona na antiga sede própria da ANAPCI, tem crescido de forma que, em breve, o espaço não dará mais conta. “Precisamos trabalhar pelo conforto e pela melhoria na qualidade do atendimento para todos os pacientes de Irati e região. Estamos trabalhando em cima de um projeto para construir um hospital completo para nossa região”, acrescenta.

PUBLICIDADE

A presidente da ANAPCI, Terezinha Veres, enfatiza que, desde sua fundação, a ONG se concentra em amenizar o sofrimento do paciente em tratamento contra o câncer. Terezinha acredita que, da mesma forma como anteriormente foi viabilizado o sonho de construir a sede própria para a ANAPCI, que hoje abriga a Unidade Avançada do Erasto, dentro de poucos anos será possível inaugurar um hospital mais amplo para dar atendimento de qualidade a esses pacientes.

Cesar Jacumasso (esquerda) e Ieda Waydzik (direita) organizadores do almoço beneficente

Programação

A partir das 10h da manhã, será celebrada uma missa solene em louvor à Padroeira Nossa Senhora Aparecida. Em seguida, será servido o almoço comunitário.

Durante a tarde, haverá participação do grupo Gaitaço. O evento encerra com bingo. As cartelas serão vendidas, de forma avulsa, na hora.

Terezinha promete que a organização do evento foi aprimorada, a fim de evitar filas na hora de se servir. Ieda convida voluntários para auxiliar no almoço. “Quem gosta de participar, de trabalhar nas festas, e quiser nos ajudar, precisamos de todos os braços. É bastante grande o volume de trabalho e todas as pessoas estão convidadas”, disse.

Ieda aproveita também para convidar voluntárias para fazerem parte da Rede Feminina de Combate ao Câncer de Irati. “Trabalhamos dentro do Hospital Erasto Gaertner, atendendo aos pacientes, e é um trabalho bastante delicado, que demanda tempo. São quatro horas por semana, de cada voluntárias. As pessoas que tiverem interesse, as senhoras, ou mesmo os senhores, porque podemos ter voluntários masculinos, que quiserem participar conosco, podem nos procurar lá mesmo no Hospital para serem voluntários”, recomenda. Ieda pontua que, apesar de o nome ser Rede Feminina, a instituição acolhe a todos que quiserem contribuir e colaborar.

Jacumasso, que promove o almoço beneficente, é um dos voluntários. “É muito bom, me sinto feliz em poder ajudar as pessoas e poder fazer a caridade por alguém. Convidamos a todos aqueles que tiverem disposição a vir ajudar a Rede Feminina, que fiquem à vontade e venham participar”, diz.

Quer receber notícias locais? Envie whats para 42 991135618 SIM NOTICIAS ou cadastre seu e-mail na newsletter pelo site da Najuá

Presidente da ANAPCI, Terezinha Veres, também está participando da organização do almoço em prol de quatro entidades de Irati

Comentários

AO VIVO
AM
13:00 às 19:30 Jornadas Esportivas Equipe da Verdade
FM
13:00 às 14:00 Especial de domingo Programação Najuá