Notícias Irati e Região

22/09/18 - 13h15 - atualizada em 22/09/18 às 13h18

70% do que foi prometido de estradas rurais já foi concluído, afirma Bartoski

Vereador se manifestou na Palavra Livre, na sessão da Câmara de Irati de terça (18)

Da Redação 

Vereador Nivaldo Bartoski defendeu secretário e funcionários da pasta de Viação e Serviços Rurais durante explanação na Tribuna da Câmara

Em sua manifestação na Palavra Livre, durante a sessão da Câmara de Irati realizada na terça-feira (18), o vereador Nivaldo Bartoski (PSDB) alegou que 70% do que o Executivo prometeu em campanha a respeito de melhorias nas estradas rurais já foi concluído. O parlamentar também argumentou que a Prefeitura enfrenta dificuldades para obter financiamento devido à inadimplência e dívidas deixadas por administrações anteriores.

No seu discurso, o vereador também justificou o convite feito ao secretário de Viação e Serviços Rurais, Anselmo Stadykoski, para detalhar as melhorias já executadas e os serviços previstos para ocorrer em breve.

PUBLICIDADE

“A gestão municipal, após levantamento geral, veio a se deparar com a real situação do município, com débitos deixados pela gestão anterior, de R$ 11 milhões. Equipamentos sucateados, como também os veículos automotores em real estado de abandono, não tendo meio de utilização. Com apoio incondicional do governo do Estado, apadrinhamento de governo federal, deputados federais e estaduais, querendo ajudar a atual administração, vendo a real precariedade do nosso município”, expressou o vereador, ao ler um texto pré-elaborado.

PUBLICIDADE

O vereador ressaltou as iniciativas do governo municipal para recuperar as estradas rurais, com a aquisição de equipamentos e a articulação entre as Secretarias Municipais para atender às necessidades dos agricultores através do projeto “Ajuda agricultor”. Bartoski defendeu Stadykoski e os funcionários do Pátio de Máquinas, que teriam se sentido “chateados” e “humilhados” com o que foi relatado na sessão anterior da Câmara. No entendimento do vereador, deu a impressão de que os problemas nas estradas rurais ocorriam em função dos servidores fazerem “corpo mole”, o que, segundo ele, não condiz com a realidade. Bartoski insistiu que a situação se deve à inadimplência do município, que dificulta financiamentos de obras e aquisição de equipamentos.

O parlamentar também frisou que boa parte do equipamento do Pátio de Máquinas está quebrado ou depende de manutenção e que nem todos os que estão em pleno funcionamento puderam ser usados. “Hoje mesmo, a máquina que estava indo carregada para fazer a ponte do Taquari, tiveram que descarregar, por causa da vistoria do ParanaCidade”, disse.

“70% das estradas já estão concluídas, mas tem estrada que tem que voltar. Ainda bem que tem material, cascalho sendo doado para a Prefeitura de Irati, material que não precisa ser britado. Irati tem britador que não brita cinco caçambas por dia. Como é que se vai fazer estradas?”, questionou.

Quer receber notícias locais? Envie whats para 42 991135618 SIM NOTICIAS ou cadastre seu e-mail na newsletter pelo site da Najuá


Comentários

AO VIVO
AM
13:00 às 19:30 Jornadas Esportivas Equipe da Verdade
FM
13:00 às 14:00 Especial de domingo Programação Najuá