Irati de Todos Nós Matérias

29/11/19 - 20h01 - atualizada em 29/11/19 às 20h08

Conjunto Molinari completou 30 anos

Conheça a história do loteamento que foi construído pelo sistema de mutirão com 43 casas em alvenaria

Dagoberto Waydzik /Engenheiro Civil 

Imagem de residências do Conjunto Molinari

O ano era 1989. O prefeito da época era Alfredo Van Der Neut. O governador do Paraná era Álvaro Dias e o presidente da República era José Sarney. A Câmara Municipal de Irati era composta pelos seguintes vereadores: Derci Carlito Barby, Felipe Lucas, Sérgio Gomes, João Batista Guerreiro, João Maria Pedroso, Joaquim Vicente Zarpellon, Rodrigo Hilgemberg, Orlando Agulhan Junior, Romeu Zanlorenzi e Romeu Batista.

O Conjunto Molinari é um pequeno loteamento de casa populares que se situa ao sul da cidade, distando aproximadamente 6,5 km do centro de Irati.

O loteamento teve seu início no mês de maio do ano 1989. A área total do imóvel é de 22.147,65 metros quadrados, aproximadamente 1 alqueire, os quais comportaram 43 lotes. Nesse local foram executadas, pelo sistema mutirão, com financiamento dos materiais pela Cohapar (Companhia de Habitação do Paraná) 43 casas populares em alvenaria. A obra foi executada na gestão da época. Trabalhei como engenheiro responsável dos serviços, junto com o engenheiro Orlando Agulhan Junior, na administração do empreendimento. Para construção a Prefeitura disponibilizou engenheiro, alguns carpinteiros e meio-oficiais da construção civil e os proprietários disponibilizavam uma pessoa por casa a ser construída.

Segundo Luzia Molinari Ferencz, moradora desde a criação do bairro, filha do senhor Carlito Molinari, a área era de seu pai, que antes havia adquirido de seu amigo João Anciutti Pessoa, o “Nego João. ”

O nome Conjunto Habitacional Carlito Molinari foi dado em homenagem à família do proprietário das terras.

Carlito Molinari nasceu em 05/03/1929, no Riozinho, cidade de Irati. Filho mais velho de mais três irmãos. Sempre viveu em Irati. Trabalhou como agricultor, com pecuária, e com pedreiras. Trabalhou, ainda criança com seu pai, cortando e puxando lenha das matas da família. Mais tarde, transportava madeiras e pedras com carretões puxados por cavalos. Muitas das ruas pavimentadas com paralelepípedos, em Irati, saíram da pedreira de seu Carlito.

Netos de Carlito Molinari chegavam a montar no porco de estimação

Molinari era apaixonado pelos esportes. Foi um dos fundadores do clube de futebol Guarani do Riozinho. Porém, sua maior paixão era pelos animais, principalmente cavalos, pelas corridas de cavalos, sendo que criava e participava das “carreiras” na hípica de Irati e outras canchas dos arredores, onde seus conjuntos venceram por diversas vezes. Morreu, com quase 80 anos, no ano de 2009. O gosto por animais levava-o a fatos pitorescos. Certa feita, lá pelos anos 70, seu Carlito comprou um porco que era criado num apartamento em Curitiba. A vendedora só pediu que não matasse o animal. O leitão cresceu e chegou a pesar mais de 250 quilos. O animal era tão manso que os netos de seu Carlito montavam sobre o mesmo.

Conta Eliza Maria Molinari Razera, conhecida pelo apelido de dona Dilossi, irmã de seu Carlito, que seus pais Albino e Angelina Bonato Molinari eram descendentes de italianos. Quando veio da Itália ao Riozinho, seu avô Antonio Miguel Molinari adquiriu perto de 80 alqueires de terras pelo preço de 600 mil réis (moeda da época). Dentro dessas terras é que se situa o atual Conjunto Molinari. Sobre seu irmão Carlito, dona Dilossi disse que a família de seu pai fez muita brita, à marreta, e que o Carlito transportou, em carroções puxados por quatro cavalos, para a construção da Igreja Matriz Nossa Senhora da Luz. A pedreira dos Molinari fica próxima onde era a antiga Olaria São Francisco, do senhor Mieceslau Michalak.

O Conjunto Habitacional Molinari supriu, na época, parte da carência de moradias populares do bairro Riozinho e Engenheiro Gutierrez, visto que a maioria dos residentes do Conjunto eram daquelas localidades. É contíguo à Rodovia Antonio Babi - BR-153, que no trecho que liga Irati à cidade de Rebouças. O empreendimento possui a infraestrutura necessária e exigida aos conjuntos financiados pelo sistema habitacional ligado à Caixa Econômica Federal.

Os bairros vizinhos são o de Engenheiro Gutierrez e Riozinho.

Salve a história de nossa cidade!

Carlito Molinari também participava de corridas de cavalo na hípica de Irati

Receba notícias pelo WhatsApp, envie SIM por aqui 


Comentários

AO VIVO
AM
09:00 às 10:00 Espaço Cidadão Paulo Sava
FM
09:00 às 11:30 Sintonia Máxima Anderson Harmuch