Esportes Geral

17/05/17 - 11h17 - atualizada em 19/05/17 às 01h36

Evento lança Associação Desportiva Iratiense

Projeto social assume as categorias de base da Assifusa para sua formação cidadã

Edilson Kernicki, com reportagem de Paulo Henrique Sava

PUBLICIDADE
Foi lançada, na segunda-feira (15), a Associação Desportiva Iratiense – ou simplesmente “Iratiense”, no Ginásio Fortunato Colaço Vaz, no bairro Rio Bonito. A nova entidade desportiva vai assumir o controle das categorias de base da Associação Iratiense de Futsal (Assifusa): sub-7, sub-9, sub-11 e sub-13. De acordo com o presidente da Associação, Adailton Machado, essas equipes integrarão um projeto social para a formação cidadã.

“O projeto é unicamente social; não tem um viés para formarmos um time profissional do Iratiense, pelo menos não hoje e, acredito que, com essa diretoria, não teremos. É um projeto para formar cidadãos”, ressalta.

O presidente do Iratiense afirma que a Associação reconhece o trabalho que vinha sendo desempenhado pela Assifusa até então com essas categorias de base, mas que se pretende, a partir de agora, dar um enfoque social para a formação de cidadãos e prestar acompanhamento psicológico, odontológico e de saúde para as crianças carentes do projeto.

Adailton frisa que Assifusa teve algumas baixas desde o ano passado, a partir da redução da subvenção recebida do município (de cerca de R$ 80 mil para aproximadamente R$ 45 mil) e esse valor tem sido direcionado para honrar compromissos da Assifusa, como a participação em competições.

“Essa parceria surgiu porque queríamos fazer um projeto social pelo Iratiense e, de certa forma, desafogaríamos os custos da Assifusa com essas categorias menores. Eles continuam com o nome deles, fazendo o trabalho deles. O Iratiense é um novo trabalho que surge, é uma nova diretoria. Não temos uma decisão de um único presidente, mas de um colegiado formado por cinco diretores, e com foco extremamente social”, explica.

Da esquerda para a direita, Christian Korevar, Adailton Machado, Jane e José Maria Davaus e Cláudio Baital, diretores do Iratiense

O Iratiense dará continuidade ao acompanhamento dos atletas das categorias de base que já atuavam pela Assifusa, no comando do professor Christian Korevar. O colegiado da diretoria é formado por Adailton Machado, João Victor Musial, Jane Davaus, José Maria Davaus e Cláudio Assis Baital.

O projeto terá suporte financeiro de patrocinadores que, a princípio, a direção do Iratiense prefere não divulgar. Adailton ressalta que, ao menos durante o primeiro ano, pela legislação, uma associação recém-formada não pode obter recursos públicos. Esse tipo de aporte surge apenas depois que a entidade é reconhecida como de utilidade pública pelo município. “Fora isso, os pais que puderem e quiserem, voluntariamente, colaborar com o projeto social, serão bem-vindos”, diz.

A Secretaria Municipal de Esportes dá apoio ao projeto através da cessão do Ginásio Fortunato Colaço Vaz para os treinos dos atletas. “Quero fazer um agradecimento público ao secretário Antonio Celso de Souza (Xoxolo), ao prefeito Jorge Derbli, pelo apoio conferido. Acredito que essa parceria tende a aumentar no futuro. Por mais que não tenhamos os recursos econômicos, financeiros, a cessão de espaço vale tanto quanto neste momento”, afirma o presidente da Iratiense.

Atletas de com idade até 13 anos podem se inscrever para o Iratiense

Treinamentos

Os treinos serão divididos em turnos: um específico para as seleções, a fim de dar continuidade ao trabalho desenvolvido pela Assifusa, para o treino de atletas que já participam de competições oficiais; e outro para a escolinha de futsal propriamente dita. Eles ocorrem de segunda a sexta, a partir das 18h até as 20h30, com o professor Christian Korevar.
Os interessados devem se inscrever no horário dos treinos, com Christian ou Kelly. As inscrições são gratuitas. A colaboração com o projeto é voluntária e espontânea. “A ficha de inscrição é apenas para darmos continuidade ao projeto de controle de saúde e social do atleta”, afirma.

O Ginásio Fortunato Colaço Vaz, onde são realizados os treinos, fica na Rua Lino Esculápio, ao lado da Igreja do Perpétuo Socorro e da Vara do Trabalho, no Rio Bonito.    

Pais também foram chamados para participar do evento de lançamento do Iratiense

PUBLICIDADE

Comentários

AO VIVO
AM
20:00 às 23:59 Conexão com a Rádio Banda B de Curitiba Jornalismo e Esporte da Banda B
FM
23:00 às 23:59 Najuá Night Club Programação Najuá