Esportes Geral

05/03/18 - 23h59 - atualizada em 06/03/18 às 00h06

Etapas da Copa RNK de Kart acontecem no sábado, em Irati

Provas serão disputadas no Kartódromo Ildefonso Zanetti, com treinos a partir das 10h e baterias a partir das 13h

Edilson Kernicki, com reportagem de Paulo Henrique Sava e Rodrigo Zub 

Considerado um dos mais antigos do Brasil, o Kartódromo Ildefonso Zanetti sediará o GP de Irati da VII Copa RNK (Rallyzeiros no Kart), neste sábado (10), com treinos a partir das 10h e baterias de provas a partir das 13h. Será uma rodada dupla, com a 1ª e 2ª etapa disputadas em sequência.

Segundo o organizador, Chico Johnscher, foi uma opção dos próprios corredores que essa rodada dupla de provas ocorresse em Irati, pelo interesse em conhecer o traçado da pista. A copa RNK é da categoria chamada de “rental kart” (kart de aluguel, em português). “O automobilismo é um esporte caro, manter equipamento e estrutura. O rental kart é o kart de aluguel, que originalmente surgiu do kart indoor, aquelas pistas feitas em garagem e estacionamentos de supermercados com kart de aluguel, que foi expandido para kartódromos e hoje existem dezenas de campeonatos amadores, porque não exigem filiação à Federação, Confederação e tudo o mais”, comenta.

Em participação no programa "Meio Dia em Notícias", Juliano Cunha e Chico Johnscher falaram como funciona a Copa RNK

No Paraná, a Copa RNK surgiu há seis anos, sendo a maior em termos de visibilidade, estrutura e competitividade, conforme Johnscher. “Estamos acostumados a andar em kartódromos que oferecem o kart de aluguel. No Paraná, não temos nenhum kartódromo que ofereça karts de aluguel de boa qualidade. Fizemos uma parceria com o FastLap Kart Indoor em Curitiba e aí a opção por kartódromos onde os pilotos nunca tivessem tido a oportunidade de andar. De todos os kartódromos do Paraná, optamos por iniciar em Irati, pela estrutura e pela receptividade”, explica.

A Copa RNK acontece em pistas do Paraná, Santa Catarina e São Paulo. “No Paraná, corríamos no Raceland [em Pinhais, Região Metropolitana de Curitiba], quando lá havia kart de aluguel, hoje não existem mais. É um campeonato ‘paranaense’, mas algumas provas acabam ocorrendo fora de Curitiba e fora do Paraná. Ano passado fizemos uma etapa já em Rio Negro (PR, na divisa com Santa Catarina) e infelizmente choveu, foi bem complicado. Nesse ano vai ser a abertura do campeonato, a primeira etapa de 2018, será aqui em Irati”, destaca.

PUBLICIDADE

Segundo Johnscher, pelo fato de a repercussão do campeonato ser muito restrita, muito local, a competição ainda não teve a participação de um iratiense. No entanto, ele tem a expectativa de que trazer uma etapa para o interior possa mudar essa estatística.

“Em Irati tem o kartódromo e pilotos que têm seus karts próprios. Mas nosso foco é buscar justamente a participação de quem não tem a oportunidade, que não tem seu equipamento próprio. Para essa prova do dia 10 de março, fazemos questão de convidar a comunidade de Irati e região para que participe também, pois é um campeonato aberto à participação de todo o mundo. Quem tem kart próprio também, só que não vai poder correr com seu próprio kart, nós vamos trazer os karts de Curitiba”, explica.

1ª e 2ª etapas da Copa RNK de Kart acontecem no sábado, em Irati

Inscrições e programação

As inscrições devem ser efetuadas, exclusivamente, através da página do evento no Facebook: https://www.facebook.com/events/148306529179955/. Um link para o evento está também disponível na página da Copa RNK: http://www.coparnk.com.br/regulamento-2/programacao-gp-de-irati/. O prazo para se inscrever se encerra na quinta-feira (8).

Para se inscrever, o interessado deve, além de confirmar presença no evento, fazer um cadastro, através do botão disponível na página do evento. Ao se cadastrar, o piloto já estará inscrito nas duas etapas. Não é necessário clicar duas vezes no botão, para evitar a inscrição em duplicidade.

A taxa de inscrição é de R$ 125 de locação (por etapa) e mais R$ 50 de taxa RNK. Pilotos que pagam anuidade estão isentos da taxa RNK.

Para as baterias, serão usados dois traçados de pista, ambos em sentido anti-horário. O traçado 1 é completo e o traçado 2 é sem a primeira perna do miolo.

A Secretaria da Prova abre às 10h, para pagamento, credenciamento e retirada da placa de identificação do piloto. O pagamento da inscrição pode ser feito no dia do evento. Os treinos livres acontecem das 10 às 12h e devem ser feitos também em karts alugados no local do evento.

O credenciamento se encerra às 12h30, quando ocorre o briefing para todos os pilotos.

As baterias começam às 13h, com duração de meia hora cada. “Cada bateria deve ter aproximadamente meia hora, entre o qualify, a tomada de tempo e a prova. Imaginamos que deva dar entre oito e dez baterias. Vai depender do número de inscritos, mas existe a possibilidade de, no final, termos uma prova de longa duração, de três horas de duração, correndo em equipe”, explica Johnscher.

A disputa é de única categoria. Mas os pilotos serão divididos em baterias. “Temos um ranking. Os pilotos mais experientes largam na categoria de cima. Eventualmente, quem vier de fora vai correr nas primeiras baterias, nas classificatórias. Classificatórias é o modo como chamamos, porque, na verdade, a pontuação é igual para todo mundo. Se tiver cinco baterias e eu corro na primeira e você na terceira e nós dois ganhamos, ambos receberemos a mesma pontuação. Aí nas baterias seguintes rankeia de novo, conforme a classificação das primeiras baterias. Uma grande mistura, todo mundo pontua igual no fim das contas”, diz.

- 1ª etapa: baterias sequenciais das 13h às 16h30 iniciando pela Série E até a Série A (a divisão das séries seguirá o ranking dos campeonatos anteriores; estreantes na Copa RNK, portanto, largarão nas baterias iniciais);

- 2ª etapa: baterias sequenciais das 16h45 às 20h15 iniciando pela Série E até a Série A (divisão das baterias conforme pontuação atualizada após a 1ª etapa; os pilotos mais bem classificados, portanto, largarão nas baterias finais).

O evento terá cobertura em vídeo pelo programa “Acelera TV”, que vai ao ar às 21h, às segundas, pelo canal Central TV, disponível apenas em Curitiba, mas que pode ser acessado pelo site www.redecentraltv.com.br. A organização ainda estuda a possibilidade de fazer transmissão ao vivo pelo Facebook, mas a fraca intensidade do sinal para internet móvel no kartódromo é um empecilho.


Comentários

AO VIVO
AM
05:00 às 10:00 Canta Viola Edson Luiz
FM
05:00 às 08:00 Domingo Sertanejo Julinho