Esportes Geral

06/11/16 - 23h11 - atualizada em 07/11/16 às 09h45

Equipes de Prude conquistam bicampeonato da Copa Amcespar de Futsal

Prudentópolis venceu Irati no feminino e passou por Teixeira Soares no masculino

Rodrigo Zub, com informações de Elio Kohut

Ficha Técnica:
2ª partida da final da Copa Amcespar de Futsal Feminino
Prudentópolis 2x1 Irati

Data: 5/11/2016
Local: Ginásio Gilmar Agibert, em Prudentópolis
Cartões amarelos: Carol (Prudentópolis); Daiane e Jessana (Irati)
Gols: Francieli (contra) e Andrielle (Prudentópolis); Ane (Irati)
Árbitros: Nykolas Ronaldo Surek e Matheus Scavinski
Anotadora: Isis Azevedo
Cronometrista: Carmelita dos Santos

Prudentópolis: Tânia, Emilly, Carol, Maria e Andrielle; Reservas: Angelana, Solange, Andressa, Soraia, Gabi e Eliane. Técnico: Leduan.

Irati: Karol, Claudiane, Cintia, Aline e Ane, Reservas: Francieli, Daiane, Luana, Thalia, Aninha e Jessana. Técnico: Aguinaldo dos Santos.

Ficha Técnica:
2ª partida da final da Copa Amcespar de Futsal Masculino
Prudentópolis 5x1 Teixeira Soares

Data: 5/11/2016
Local:
Ginásio Gilmar Agibert, em Prudentópolis
Cartões amarelos: Edimar e Altemir (Prudentópolis); Genilson, Jean Pedro e Dudu (Teixeira Soares).
Gols: Franciel, Luan, Kelvin, Pastuch e Eric (Prudentópolis); Denis (Teixeira Soares)

Árbitros: Luis Carlos Brunikowski e Fabiano Andre Gaspar
Anotadora: Carmelita dos Santos
Cronometrista: Isis Azevedo

Prudentópolis: Pastuch, Edimar, Alcimar, Franciel e Luan; Altemir, Hugo, Eric, Kelvin, Jean, Luiz e Cleverson. Técnico: Dino.

Teixeira Soares: Chico, Coxinha, Prego, Darlan e Genilson; Jean Pedro, André, Everton, Dudu, Marlon, Cleiton, Denis e Alisson. Técnico: Euclides Ribeiro Neto (Cride)

O raio caiu pela segunda vez no mesmo local. Prudentópolis sediou as finais da Copa Amcespar de Futsal pelo segundo ano consecutivo e repetiu o script de 2015 ao conquistar o bicampeonato nas duas categorias (masculino e feminino).

A noite de sábado, 5, foi de comemoração em dose dupla no ginásio Gilmar Agibert. Na disputa entre as mulheres, Prudentópolis venceu Irati por 2 a 1, em um jogo dramático decidido nos segundos finais da partida. Já entre os homens, Prudentópolis teve mais facilidade e goleou Teixeira Soares pelo placar de 5 a 1.

Clique aqui e confira as fotos das partidas

Decisão equilibrada no feminino

O título do feminino foi decidido nos detalhes. Logo no começo da partida, as donas da casa abriram o placar. A goleira Tânia chutou em direção ao gol e contou com um desvio da defesa iratiense para balançar as redes de Karol. Na súmula, o gol foi assinalado para Francieli contra.

As jogadoras Andrielle e Maria deram bastante trabalho para a marcação de Irati. Com isso, as visitantes cometeram cinco faltas e estouraram o limite de infrações. No fim do primeiro tempo, Irati cometeu a sexta falta e fez com que Prudentópolis tivesse a chance de ampliar em cobrança de tiro livre. Porém, as donas da casa desperdiçaram a oportunidade.

No segundo tempo, as goleiras Tânia e Karol brilharam com boas defesas. Outras atletas também se destacaram pela habilidade e movimentação. No lado de Irati, Ane e Daiane criaram as principais jogadas ofensivas. Já o time de Prudentópolis foi comandado pelo trio Andrielle, Maria e Solange. As três jogadoras trocaram bons passes e finalizaram algumas vezes com perigo.

Gol nos segundos finais define título de Prudentópolis

Apesar disso, o jogo só foi definido no último minuto. Prudentópolis fez o segundo gol com Andrielle. Ane Eloisa ainda descontou nos segundos finais para Irati, mas não conseguiu evitar o vice-campeonato. Como a primeira partida da final terminou empatada em 4 a 4, Prudentópolis comemorou o título com 6 a 5 no placar agregado (soma dos dois resultados).

Prude vence de virada no Masculino

A torcida prudentopolitana que sofreu até os últimos segundos para soltar o grito de campeão no feminino também acompanhou uma partida tensa na final do masculino. Teixeira Soares não se intimidou com o fato de jogar fora de casa e surpreendeu Prudentópolis. Aos oito minutos do primeiro tempo, Denis marcou para os visitantes.

O resultado dava o título para Teixeira Soares, já que no duelo de ida houve empate por 3 a 3. 

Mesmo em desvantagem, Prudentópolis conseguiu controlar a ansiedade e soube aproveitar as oportunidades para liquidar o jogo. Antes do intervalo, Luan igualou o marcador.

No segundo tempo, Franciel virou a partida para os donos da casa. Em seguida, Kelvin fez mais um para Prudentópolis e deixou o time comandado por Leduan com uma mão na taça.

Goleiro-linha falha e impede reação de Teixeira Soares

Precisando marcar gols para reagir, a equipe de Teixeira Soares adiantou a marcação e passou a jogar com o goleiro Chico na função de goleiro-linha. O atleta que já estava atuando no sacrifício após machucar o tornozelo no primeiro tempo não teve bom desempenho como goleiro-linha. Após um erro de passe de Teixeira Soares, o goleiro Pastuch, de Prudentópolis, finalizou para o gol vazio e fez o quarto dos donos da casa.

Pouco depois, os visitantes cometeram mais um erro e quase tomaram o quinto gol. A equipe de Teixeira Soares bateu um lateral de forma precipitada e a bola foi para o gol vazio. Porém, o lance foi invalidado, pois a bola não bateu em Chico, conforme entendimento da arbitragem.

Na sequência do jogo, o treinador Euclides, de Teixeira Soares, mudou o goleiro-linha. João Pedro entrou no lugar de Chico. Contudo, João Pedro perdeu a bola e deixou o gol aberto para Eric fazer o quinto.

Nos minutos finais, Prudentópolis apenas administrou a vitória por 5 a 1. Já o treinador de Teixeira Soares deu oportunidade para que os atletas mais jovens do elenco pudessem atuar.

Prudentópolis termina com artilheiros nas duas categorias

Após a decisão do masculino foi realizada a cerimônia de premiação. Os times campeões receberam troféus e os atletas medalhas referentes ao 1º e 2º lugar.

Além de conquistar o título nas duas categorias, Prudentópolis também teve os principais goleadores da competição. Entre as mulheres, Andrielle foi à artilheira com 18 gols. Com um gol a mais, Luan foi o goleador da Copa Amcespar de Futsal masculino. Prudentópolis ainda foi à equipe mais disciplinada nas duas categorias. No feminino, o time comandado por Leduan recebeu somente cinco cartões amarelos. Já no masculino, Prudentópolis foi punido com 15 cartões amarelos. Os dois times não tiveram expulsões.

Angela (Irati) foi a goleira menos vazada com apenas 14 gols sofridos. Chico, de Teixeira Soares, foi o goleiro menos vazado.

Prudentópolis recebeu o troféu disciplina, enquanto que a goleira e o goleiro menos vazados e a artilheira e o artilheiro nas duas categorias receberam medalhas.

Resumo da competição

A Copa Amcespar de Futsal feminino teve 18 jogos e 147 gols marcados. A arbitragem distribuiu 26 cartões amarelos e um vermelho na competição. As redes balançaram 158 vezes nas 18 partidas disputadas na Copa Amcespar de Futsal masculino. No total, foram distribuídos dois cartões vermelhos e 64 amarelos.

Oito equipes disputaram a Copa Amcespar de Futsal nas duas categorias: Prudentópolis, Irati, Rebouças, Fernandes Pinheiro, Rio Azul, Teixeira Soares, Inácio Martins e Guamiranga.

Time de Irati foi vice-campeão no feminino
Time feminino de Prudentópolis reunido para última conversa antes do jogo

Troféus distribuídos para campeões da competição
Equipe de Teixeira- vice-campeã no futsal masculino

Equipes de Prudentópolis comemoraram juntas o bicampeonato
Meninos de Prudentópolis erguem a taça de campeão


Comentários

AO VIVO
AM
17:00 às 17:30 A POLÍCIA É NOTÍCIA Tadeu Stefaniak e Rose Harmuch
FM
17:00 às 18:55 Tarde Campeira Amilton Ferreira