Esportes Geral

25/11/19 - 15h47 - atualizada em 25/11/19 às 21h23

APS e Texanos são campeões do futsal em Teixeira Soares

Nos dois jogos, equipes que conquistaram o título venceram de virada

Paulo Henrique Sava

Texanos conquistou o título da 1ª Divisão do Campeonato de Futsal de Teixeira Soares ao derrotar o Cohapar CHP por 6 a 3

O Campeonato Municipal de Futsal de Teixeira Soares definiu seus campeões na noite de sábado, 23, no ginásio Romeu Neves com transmissão da Super Najuá FM 92.5. Na 2ª divisão, o APS conquistou o título ao vencer o Libertad por 4 a 3. Já na 1ª divisão, o Texanos venceu o Cohapar CHP pelo placar de 6 a 3.

Ouça no fim do texto o áudio completo desta matéria

Na decisão da segundona, Mateus Padilha abriu o placar para o APS. O Libertad empatou com Julinho no final da primeira etapa. No segundo tempo, Jefferson virou o jogo para o Libertad. Porém, o APS soube aproveitar as chances de gol. Mateus Padilha marcou mais três vezes, fazendo 4 a 2. No final do jogo, Jefferson diminuiu para o Libertad, fechando o placar em 4 a 3. As duas equipes garantiram o acesso para a 1ª divisão em 2020.

Mateus Padilha, destaque da partida, falou sobre a conquista do APS. “Foi uma vitória grandiosa, a primeira na minha vida [primeiro título]. Temos que ‘brigar’ firmes com os grandes, porque a primeira (divisão) é mais complicada”, opinou.

Já na final da 1ª divisão, Leandro Júnior fez dois gols e abriu uma vantagem de 2 a 0 para o Cohapar CHP. Restando 7 minutos e 50 segundos para o fim da primeira etapa, o jogador Leandro Júnior sofreu pênalti, que ele próprio bateu, mas acabou desperdiçando a cobrança. Logo em seguida, faltando 5 minutos para o fim da primeira etapa, Leandro Júnior marcou o seu terceiro gol, fazendo 3 a 0 para o Cohapar CHP.

Com o placar adverso, o Texanos voltou para o segundo tempo mais presente no ataque. O goleiro Renan foi para a linha e marcou o dele em um chute quase do meio da quadra, diminuindo o placar para 3 a 1 quando faltavam 15 minutos e 20 segundos. Em seguida, restando 10 minutos e 40 segundos, o veterano Betinho, de pênalti, descontou novamente. Na sequência, Nano empatou para o Texanos, fazendo 3 a 3.

Logo depois, Chupim virou o jogo para o Texanos a 6 minutos e 40 segundos do final da partida. Betinho fechou o placar em 6 a 3 para o Texanos ao marcar duas vezes em saídas erradas do goleiro-linha Guilherme, do Cohapar CHP. 

Após a partida, Betinho falou sobre a rivalidade contra o adversário da final. “Futsal é isso, saímos perdendo de 3 a 0 em três falhas, eles perderam um pênalti, mas acharam que estava ganho, me provocando no início do segundo tempo, mas estamos com mais um título. Pode ser meu último porque não sabemos o dia de amanhã, mas enquanto a idade estiver me proporcionando fazer esses gols e abrilhantar o espetáculo, vou fazer. Graças a Deus pude conquistar mais um título para a galeria”, comentou.

CLIQUE AQUI E RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS PELO WHATSAPP

O coordenador de esportes de Teixeira Soares, Alyson Platini Xavier Przybisz de Souza, agradeceu a todas as equipes que participaram da competição e enalteceu o alto nível do campeonato. “Eu só tenho a agradecer a todos os participantes e dirigentes que sempre colaboraram com o crescimento do futsal de Teixeira Soares. Tivemos um campeonato brilhante, com nível muito bom. A nossa segunda divisão teve um campeonato muito nivelado, assim como a primeira. Devagar, estamos começando a estruturar um formato de campeonato que está dando certo. A ideia é cada vez mais fazer crescer o futsal da nossa cidade”, frisou.

Resumo da competição

O Campeonato Municipal de Futsal de Teixeira Soares teve como artilheiro da 2ª divisão o jogador Leandro, do São Joaquim, com 30 gols marcados. A primeira divisão contou com seis equipes e 72 atletas. Em 21 jogos disputados foram marcados 202 gols. O goleiro menos vazado foi Chico, do Grêmio, com 21 gols sofridos. O troféu de artilheiro ficou com Lucas Chaves, do Grêmio, que marcou 19 vezes.

Campeonato teve solidariedade

No quesito disciplinar, o campeonato deste ano teve um diferencial: cada jogador punido com cartão deveria levar alimentos não perecíveis na partida seguinte. Caso fosse punido com cartão amarelo, o atleta deveria levar 1 kg de alimento; em caso de cartão vermelho, a quantidade aumentava para 5 kg. No total, foram arrecadados 158 kg de mantimentos, que serão destinados para as famílias cadastradas na Secretaria da Família e Bem Estar Social.

PUBLICIDADE

Classificação

2ª Divisão

1º Lugar – APS

2º Lugar – Libertad

3º Lugar – Texas Barbearia

1ª Divisão

1º Lugar – Texanos

2º Lugar – Cohapar CHP

3º Lugar – Grêmio

Ficha técnica

2ª Divisão

APS 4x3 Libertad

Gols: Mateus Padilha (4) (APS); Jefferson (2) e Julinho (Libertad)

Cartão amarelo: Mateus Padilha (APS)

APS: Polaco; Josemar, Mateus Padilha, Tiago e Fábio. Entraram durante a partida: Tilde e Márcio.

Libertad: Mateus; Edson, Fábio Chepluski, Jeferson e Neto. Entraram durante a partida: Julinho, Alan e Miguel.

1ª Divisão

Texanos 6x3 Cohapar CHP

Gols: Betinho (3), Renan, Nano e Chupim (Texanos); Leandro Júnior (3) (Cohapar CHP)

Cartões amarelos: Robson, Fofão e Nano (Texanos); Bê, Adaílton e Henrique (Cohapar CHP)

Cartão vermelho: Bê (Cohapar CHP)

Texanos: Renan; Robson, Daílson, Betinho e Leandro. Entraram durante o jogo: Nano, Fofão e Chupim

Cohapar CHP: Guilherme; Bê, Adaílton, Leandro Júnior e Tilebe. Entraram durante a partida: Jeca e Henrique.

Árbitros: Joel Félix Bolek e Jeferson C. Lemes

Anotadora/cronometrista: Carmelita dos Santos


Comentários

AO VIVO
AM
12:00 às 14:00 Meio Dia em Notícias Equipe Najuá
FM
12:00 às 13:00 In Pauta Juarez Oliveira e Vânia Andrade