Esportes Futebol

07/03/18 - 09h54 - atualizada em 07/03/18 às 11h00

Iraty Sport Club passa a ter gestão compartilhada

Ex-treinador Adriano Kanaã assumiu a função ao lado de Virgílio Mendes, depois que o gaúcho Eduardo Cappelari deixou o clube alegando divergências com Kanaã, há um mês

Edilson Kernicki, com reportagem de Ademar Bettes, Tadeu Stefaniak e João Maria Rodrigues 

O episódio da saída do ex-gestor Eduardo Cappelari do comando do Iraty Sport Club, às vésperas da estreia do time na divisão de acesso do Campeonato Paranaense, há um mês, sob a alegação de divergências com o ex-treinador Adriano Kanaã, já é considerado página virada no clube. O próprio Kanaã, ao lado do amigo Virgílio Mendes, assumiu a gestão do Azulão.

Confira a entrevista completa com o novo gestor do Iraty no fim do texto

Segundo Kanaã, antes mesmo de acertar com Cappelari, no final de 2017, já havia ocorrido uma conversa com Virgílio para que ele assumisse o controle do futebol do Iraty. Entretanto, o acerto não foi então finalizado, pois Virgílio Mendes vislumbrava, naquele momento, outros projetos. Com a saída de Cappelari e o entendimento de que não daria conta de gerir o clube sozinho, retomou o contato com Virgílio Mendes, que aceitou o convite.

“Fiz uma reunião com a diretoria do clube e todos eles ficaram em acordo. Hoje estamos apresentando o Virgílio [Mendes] como novo gestor, junto comigo. Ou seja, a gestão do clube hoje é de Adriano Kanaã e Virgílio Mendes”, confirma o ex-treinador e agora gestor.

A direção de marketing do clube fica a cargo de Márcio Fagundes, também amigo de Kanaã de longa data. “É uma pessoa que vai explorar muito, na cidade, a parte de marketing para nós. Sabemos que o Iraty tem um nome grande e tem pessoas na cidade que podem nos ajudar e que até agora não foram procuradas. A partir de agora, vamos começar a traçar um novo projeto de trabalho com o nome em relação ao Iraty”, afirma Kanaã.

“Estamos aqui para colaborar e fazer que o clube ocupe o lugar, que seria a 1ª Divisão, para que todos fiquem satisfeitos”, resume Mendes.

Adriano Kanaã, Virgílio Mendes e Márcio Fagundes participaram do programa "Show de Bola" de terça-feira, 6

Antes de cumprir o grande objetivo da classificação para a elite do Paranaense – algo de que o Iraty chegou bastante próximo no ano passado, o clube trabalha arduamente para que, na Segundona, se mantenha entre os oito melhores e, depois, entre os quatro, para tentar garantir a vaga. “Nossa equipe é uma equipe que começaria a se encaixar da quarta ou quinta rodada em diante. Sabemos que os times mais difíceis nós já pegamos e, teoricamente, os times de depois têm menos expressão. É isso o que está acontecendo, na lógica que já tínhamos certeza de que iria acontecer. O Virgílio chegando está contratando mais alguns jogadores para auxiliar o Play [de Freitas] e reforçar mais a equipe”, observa Kanaã.

Adriano Kanaã enfatiza que Virgílio Mendes aceitou a proposta de auxiliar na gestão do clube apenas se o desafio realmente fosse o da ascensão do Iraty à 1ª Divisão, pois ele não estaria disposto a montar uma equipe apenas para se manter na posição atual, na Divisão de Acesso.

Virgílio Mendes vem da Baixada Santista, onde também desenvolve, em paralelo, um projeto junto ao São Caetano, clube da cidade de São Caetano do Sul (SP), que atualmente disputa o Campeonato Paulista (Série A). “Temos uma franquia do São Caetano na Praia Grande e o Renato, que jogou no Corinthians, foi zagueiro, foi da base do Corinthians e jogou lá fora, no Catar, e a dona Denise, que seria a mãe do Renato, faz parte também do nosso projeto lá. Inclusive, nesta semana estão vindo para cá nos dar uma força, ideias para reforçar o clube. Eu também estou fazendo uma contratação de três jogadores profissionais: um zagueiro, um meio de campo e um centroavante”, aponta.

Essa mesma equipe de profissionais deve também gerir as categorias de base e a escolinha de futebol do Iraty. Kanaã negou a possibilidade de contratar o preparador físico Gê Castilho, que é natural de Irati e recentemente deixou o Londrina.

PUBLICIDADE

Reforços 

Cogitado como reforço para a equipe, Renan Camponês, primo do ex-jogador Tcheco, “se encontra no grupo, sim, mas não foram dadas condições de jogo a ele, não”, confirma Kanaã. “O que ainda tenho que apurar é um jogador que chegou ontem, um zagueiro, que o irmão dele é um dos que sofreu acidente no voo da Chapecoense”, acrescenta.

Outros atletas serão inscritos ainda nesta semana: os zagueiros Augustinho, Renan e Bisqui e um lateral-direito que está sendo regularizado no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF.  

Empresário Virgílio Mendes é o novo gestor do Iraty

Márcio Fagundes assumiu o cargo de diretor de marketing do Azulão

Confira a entrevista concedida pelo novo gestor do Iraty no programa "Show de Bola"


Comentários

AO VIVO
AM
00:00 às 05:00 Rede Milícia da Imaculada Rede Milícia Sat
FM
00:00 às 04:00 Najuá Night Club Programação Najuá