Esportes Futebol

14/05/17 - 21h30 - atualizada em 14/05/17 às 21h38

Grêmio Maringá recorre ao STJD e suspensão das partidas do Iraty se prolonga

Última vez que o Azulão entrou em campo foi no dia 16 de abril

Da Redação, com informações Net Esporte Clube e FPF 

Última vez que o Azulão entrou em campo foi no dia 16 de abril contra o Maringá
Em cima da hora, o Grêmio Maringá apresentou recurso ao Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) na sexta-feira (12), último dia do prazo previsto para que o clube recorresse contra a decisão do TJD-PR, que absolveu duas vezes a Portuguesa Londrinense da acusação de ter escalado irregularmente o atleta Lucas, na primeira rodada da competição.

O pedido do Grêmio Maringá, que foi desclassificado do campeonato, em 9º lugar, com sete pontos, é para que a Portuguesa Londrinense – 8º lugar na 1ª fase, com oito pontos – perca quatro pontos pela suposta escalação irregular do jogador. Com isso, o Grêmio Maringá se classificaria e a Lusinha seria rebaixada.

PUBLICIDADE
A apresentação do recurso atrasa ainda mais a tabela de jogos para o Grupo A da 2ª Divisão do Estadual, pois agora as partidas se mantém suspensas até a decisão do STJD sobre o caso. Portuguesa Londrinense, União, Iraty e Operário não jogam desde o dia 16 de abril. Neste domingo (14), pela tabela original, seria disputada a 1ª rodada do 2º turno da 2ª fase; porém, o 1º turno sequer começou.

Enquanto isso, no Grupo B – que traz Maringá, Paranavaí, Cascavel e Andraus – já realizou quatro rodadas. Maringá libera a tabela do Grupo B, com dez pontos. Paranavaí vem logo atrás, com oito pontos. Cascavel em 3º, com quatro pontos e Andraus na lanterna, sem pontos.

Os jogos continuam suspensos porque a medida cautelar proposta pelo Grêmio Maringá, que foi aprovada na semana passada, continua válida. A medida determina que as partidas só voltem a ocorrer com o trânsito em julgado, isto é, com a decisão em última instância, no STJD. Duas possibilidades de a suspensão acabar sem a necessidade de julgamento no STJD seriam a desistência do recurso ou a retirada da medida cautelar ou ambas. Do contrário, a tendência é que o julgamento do caso pelo STJD demore ainda mais um mês.

Até o final da manhã de sexta-feira (12), enquanto o Grêmio Maringá ainda não tinha apresentado o recurso ao STJD, a expectativa era a de que o campeonato fosse retomado já na próxima semana. O Iraty receberia o União, de Francisco Beltrão, no Estádio Emílio Gomes, na quinta (18), às 15h30.

Na semana passada, o treinador do Iraty, Play de Freitas, criticou a postura do presidente do Grêmio Maringá, Aurélio Almeida, por estar tumultuando a continuidade do campeonato, de modo que o clube sequer teria atletas para entrar em campo caso saísse uma decisão judicial que favorecesse a equipe. Restava, daí, a expectativa de que o time desistisse do recurso, o que não chegou a ocorrer.

Torcida Jovem do Azulão

Comentários

AO VIVO
AM
00:00 às 05:00 Rede Milícia da Imaculada Rede Milícia Sat
FM
00:00 às 04:00 Najuá Night Club Programação Najuá