Esportes Futebol

14/03/18 - 20h35 - atualizada em 14/03/18 às 21h22

Chuva forte causa adiamento da partida entre Iraty e Batel

Gramado do estádio Coronel Emílio Gomes apresentava poças d' água e não possuía condições da bola rolar. Jogo foi remarcado para quarta-feira, 21, às 15h30

Rodrigo Zub

A chuva forte que caiu durante a tarde desta quarta-feira, 14, impediu a realização da partida entre Iraty e Batel, pela sétima rodada da divisão de acesso do Campeonato Paranaense. A arbitragem ainda aguardou durante aproximadamente uma hora para que o nível da água diminuísse no gramado do estádio Coronel Emílio Gomes. Entretanto, o campo apresentava diversas poças nas laterais e ficou alagado no lado direito do gol dos fundos, ou seja, sem condições da bola rolar.  

Confira os vídeos e fotos do estado do campo durante e após a chuva no fim do texto

Sendo assim, o árbitro João Paulo Kirchner, de Curitiba, preferiu cancelar o jogo que foi remarcado para quarta-feira, 21, às 15h30, no estádio Coronel Emílio Gomes. Em função do mau tempo, poucas pessoas haviam comparecido acompanhar a partida. Cerca de 30 torcedores do Batel se deslocaram de ônibus de Guarapuava para Irati, mas saíram frustrados com o adiamento do clássico regional. Alguns torcedores do Azulão também estiveram presentes. A diretoria do Iraty ainda não revelou como os torcedores que pagaram ingresso poderão ser ressarcidos ou de que forma devem proceder para assistir o jogo na semana que vem, caso tenham interesse, sem pagar a mais por isso.

Lateral do campo próximo ao gol dos fundos ficou alagada e impediu realização do jogo

Treinador do Iraty avalia adiamento do jogo

Na avaliação do treinador do Iraty, Play de Freitas, o adiamento da partida foi benéfico para o clube em função das condições climáticas. O técnico do Azulão salienta que seu time é formado por jogadores rápidos e leves no setor ofensivo, como Alysson, Peterson, Matheus Rebé e Paulinho, que seria titular no jogo de hoje, 14. “Nosso ataque é leve e joga com rapidez e velocidade. Choveu ia tirar essa leveza. Com muita poça d’ água, ia ter que alçar bola na área, ia ter que mudar a característica. Se aconteceu isso [chuva] a gente tem que aceitar. É ruim porque tem prejuízo de arbitragem sei lá como vai ficar a situação, mas para gente tecnicamente um campo seco, a gente funciona mais do que um campo molhado. A gente nunca trabalhou em campo molhado”, relatou Play.

O adiamento do jogo também contribui na parte física do Iraty pensando no confronto decisivo contra o Andraus, que pode definir a classificação da equipe para a segunda fase e o rebaixamento do adversário. Os dois times se enfrentam no domingo, 18, às 15h30, no estádio Atílio Gionedis, em Campo Largo. Dependendo do resultado do jogo entre Andraus e Rolândia, nesta quarta-feira, 14, o Azulão poderá entrar em campo precisando apenas de um empate para garantir a vaga. Além disso, o Andraus terá menos tempo para se recuperar da viagem cansativa e longa até a região Norte do Estado ao contrário do Iraty que permanecerá treinando a semana toda. Conforme a programação de treinos repassada por Play de Freitas, o elenco vai trabalhar em dois períodos (manhã e tarde) nesta quinta, 15. Na sexta, 16, e no sábado, 17, os jogadores treinam somente um período.

PUBLICIDADE

Fotos: Tadeu Stefaniak, Rodrigo Zub, Alencar Souza e Facebook/Batel-Reprodução


Escalações

Play de Freitas havia escalado o Iraty para enfrentar o Batel com Marcos Gato, Marquinhos, Richard, Elton e Gabriel; Almeida, Kelven e Paulinho; Peterson, Alysson e Matheus Rebé. Já o treinador do time guarapuavano, Marcelo do Ó, começaria o jogo com Robson, Josimar, Dipão, Anderson e Matheus do Ó; Dan, João Agrella, Giovanny e Roque; Davidson e Russo.

Arbitragem

O árbitro da partida seria João Paulo Kirchner. Os demais profissionais que iam atuar no jogo são: Zacarias Chumlhak e Alisson Alceu Bernardi Lovato (assistentes), Matheus Scavinski (4º árbitro) e Isis Bernadete Azevedo (delegada).

Reencontro de jogadores com as ex-equipes

O confronto entre Iraty e Batel marca o reencontro de alguns jogadores com suas ex-equipes. Os zagueiros Dipão e Anderson, do Batel, já jogaram no Iraty. Por outro lado, Dan e Russo atuaram nos últimos anos pelo Azulão e chegaram a realizar a pré-temporada no clube. Porém, ambos deixaram o Iraty com a justificativa que receberam propostas melhores e teriam mais oportunidades no time de Guarapuava. O goleiro Doni, que atualmente é reserva do Batel, também iniciou a carreira e jogou recentemente no Iraty. Outro jogador revelado nas categorias de base do Iraty e que agora vez a camisa do time rival é o zagueiro Sávio, que ficará afastado dos gramados de seis a sete semanas em virtude de uma contusão. Com isso, ele não enfrentará o ex-time.

Vídeos: Tadeu Stefaniak



Comentários

AO VIVO
AM
12:00 às 13:30 Meio Dia em Notícias Jornalismo da Najuá
FM
12:00 às 14:00 Flash Back Najuá Programação Najuá