Entretenimento Cinema

20/08/14 - 11h08 - atualizada em 20/08/14 às 11h09

O Homem Bicentenário, quinta-feira (21) no Centro Cultural Clube do Comércio



SINOPSE:


O filme “O Homem Bicentenário (HB)” conta a história de um robô que dura cerca de 200 anos. Seu criador e seus descendentes mudam partes do robô, para mantê-lo atualizado. A cada nova mudança, ele passa a ter características humanas.

No filme Robin Williams em mais um desempenho magistral nos emociona no papel do robô. No começo, ele usa um tipo de armadura, que o faz parecer uma máquina; durante a noite ele conecta um plug na tomada elétrica para recarregar suas baterias. Gradualmente, sua aparência se torna mais humana, até um ponto em que ele finalmente começa a agir como um ser humano normal, com pensamentos, sentimentos e desejos, ou seja, o robô teria se transformado em gente. No final a mulher pela qual o robô está apaixonado vai morrer, ele decide que não pode ficar sem ela e também deve "morrer".

Esse tipo de histórias em filmes mostra robôs que agem como seres humanos, interpretados por atores reais. Andrew encontrou um cirurgião, que também era robô, em quem podia confiar. Ordenou-lhe que fizesse a cirurgia para ligar seu cérebro positrônico aos nervos orgânicos que já haviam sido implantados em seu corpo há muitos anos, fazendo com que seu cérebro fosse envelhecendo e morrendo aos poucos. Somente quando completou 200 anos é que conseguiu sua condição humana.

Andrew queria muito a sua liberdade. Morreu depois de ganhar na Justiça o direito de cidadão e de ser proclamado pelo presidente do mundo, “Homem Bicentenário”.




Comentários

AO VIVO
AM
14:00 às 15:00 Show da Tarde Edson Luiz
FM
14:00 às 15:00 Sequência do Ouvinte Anderson Harmuch